A produção já teve imagens e sinopse reveladas

A quarta e última temporada da série 3% está próxima. A Netflix anunciou que o quarto ano da trama nacional mais importante da plataforma chegara ao catálogo no dia 14 de agosto deste ano. A data foi descoberta primeiramente por internautas, que a viram na página da série dentro do aplicativo da Netflix.



Como resultado a plataforma de streaming confirmou a onformação logo depois. Além disso também vem liberando algumas dicas do que se pode esperar da season finale e da obra.

Com a estreia da última temporada de 3% chegando, a Netflix divulgou as primeiras fotos dos episódios finais. As imagens dão uma prévia do futuro de alguns dos protagonistas da trama.

Leia mais: Cobra Kai, continuação de Karatê Kid, chega à Netflix em agosto



Além disso a Netflix também liberou uma sinopse do final da história que diz o seguinte: “Na última temporada desta série brasileira, o conflito entre a Concha e o Maralto está escancarado e uma guerra é iminente. Mas, enquanto o Processo 108 se inicia sob uma liderança nova e ainda mais agressiva, os integrantes da Concha são convidados para uma visita diplomática ao Maralto. A proposta de paz acaba sendo o pretexto para a destruição que definirá o futuro desse mundo dividido”.

A quarta temporada da trama traz de volta o elenco principal, com Bianca Comparato (Michelle), Vaneza Oliveira (Joana), Rodolfo Valente (Rafael), Laila Garrin (Marcela), Bruno Fagundes (André), Thais Lago (Elisa), Cynthia Senek (Glória) e Rafael Lozano (Marco).

3%, do Brasil para o Mundo

A trama de ficção futurista retrata um mundo pós-apocalíptico em que a sociedade é dividida em duas castas separadas. O Continente, é onde vive a maioria da população, envolta de pobreza e miséria. Porém no Maralto, rico e próspero, vivem só 3% da população do Continente, que passa em um duro processo seletivo anualmente.

A série lançada no final de 2016, foi a primeira original brasileira da Netflix e fez muito sucesso no exterior. Durante um evento de imprensa, Greg Petershttps, chefe de produção do streaming, afirmou que o sucesso da produção incentivou a empresa a investir mais em conteúdo internacional, originando séries e filmes de vários outros países.


(Imagem de divulgação de 3%. Foto/Divulgação: Netflix)


Além disso, a chegou a ser um dos produtos de língua não inglesa mais vistos dentro dos Estados Unidos, o que acabou dando prestígio à obra. Como resultado do sucesso da primeira temporada a Netflix fez com que os valores liberados para os custos de produção mais que dobrassem para a segunda.

Já a terceira temporada de 3% estreou em junho do ano passado, e abordou a Concha, uma nova realidade criada pela protagonista Michele, após as falhas do sistema apresentado nas temporadas anteriores.

A quarta temporada foi confirmada como a última em agosto do mesmo ano. “Muito feliz de anunciar que 3% tá indo pra quarta e última temporada e que todo mundo vai poder acompanhar como essa história maravilhosa termina”, anunciou a plataforma de streaming, na época, através da conta brasileira oficial no Twitter.

As três primeiras temporadas já estão disponíveis na Netflix.

Por: Jonathan Rosa

(Foto Destaque: Pôster de divulgação da série 3%. Reprodução/Netflix)

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário