‘A fazenda 11’ vem recheada de novidades, uma delas é em seu contrato com novas cláusulas

‘A fazenda 11’ tem novidades, a coluna Fabíola teve acesso, aos contratos assinados pelos participantes da próxima edição de ‘A fazenda’. O cachê dos peões é de R$ 70 mil que serão parcelados em três vezes, assim também como o prêmio final de R$ 1,5 milhão.



A fazenda 11

Nova edição do programa conta com novidades. (Foto: reprodução/ Edu Moraes/ Record)


‘A fazenda’ está de cara nova, e com novas regras. Não vai ser só o confinamento de 3 meses difícil de lidar; conforme, as exigências vão desde o controle das redes sociais dos participantes até horário certo para fazerem suas refeições e punições severas aos ‘esquentadinhos’.

Ficou curioso para saber o restante das curiosidades desta edição, abaixo tem algumas para saciar.

Leia mais: Disputa acirrada em ‘Mestre do Sabor

Consequências de agressão física

Não é segredo que agressão física é motivo para expulsão no reality. Mas agora a violência vai custar no bolso dos participantes que infringirem a regra, além de ser expulso, deverá arcar com uma multa contratual referente a 100% do valor do cachê, Além disso, perder todos os prêmios conquistados durante a competição. Será que vale a pena pagar caro assim?

Aliás, o contrato também lembra dos animais. O contrato diz que é expressamente proibido maltratar propositalmente os animais.

A data da estreia pode ser mudada

O programa está com data marcada para sua estreia para 15 de setembro de 2020. Mas no documento, a emissora afirma que a atração pode ter seu início adiantado ou postergado.

O contrato também estipula que os eliminados deverão sempre comparecer às atrações e aos eventos, se requisitados pela emissora. Isso conta com a final do reality, no qual a presença de todos os participantes é obrigatória.

Contudo, a emissora não invalida a possibilidade de que participantes já eliminados retornem ao reality numa possível repescagem.

Monitoramento dento e fora da fazenda

Os participantes deveram cumprir horários que serão estabelecidos pela produção do programa, quanto a acordar, dormir e até fazer suas refeições.

Os peões precisaram manter suas respectivas contas nas redes sociais sob a orientação e assessoria da Record. Além de todo confinamento, ainda tem essa regra inusitada.

Conforme, a nova cláusula diz que os participantes não deverão realizar nenhuma declarações de cunho religioso, político, criminoso, ou que de qualquer forma possa ser interpretado como inadequado ou prejudicial a RecordTV. Será por isso o monitoramento das redes sociais?

Cachê

O cachê para quem já aceitar participar será de R$ 70 mil pela participação no programa. O peão que vencer levará o prêmio de R$ 1,5 milhão. Porém, ambos os valores serão pagos pela emissora em três parcelas. Além disso, ainda contam com os prêmios durante as competições no programa, terão direito a mil reais para cada ação de merchandising do programa.

O contrato do reality também proíbe a divisão de qualquer um dos prêmios entre os peões. Assim, o participante que fizer menção de dividir os valores com outro participante dentro ou fora do programa, poderá ser punido e ter o contrato rescindido.

Votação monitorada

A emissora adverte no contrato aos participantes que é proibida a utilização de ferramentas ou softwares que realizem votos automáticos. Pois, a emissora rede Record garante adotar políticas de segurança para coibir fraudes na votação de cada Roça. Segundo a emissora, o limite máximo é de até mil votos válidos por hora, e por IP.

Covid-19 é motivo de eliminação

Em preocupação com às recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), a Record fará em todos os participantes a uma avaliação médica; exames clínicos e laboratoriais feitos por médicos indicados pela produção. Assim, garantindo que nenhum dos peões esteja com a COVID-19. Caso seja o teste dê positivo, o participante será imediatamente eliminado do programa.

Não é só o covid que elimina, pois, o participante que sofrer uma lesão ou adquirir alguma enfermidade que o impossibilite de continuar a disputa no reality receberá da Record apenas o valor proporcional a sua permanência. Além disso, deverá devolver à emissora os valores que forem eventualmente recebidos a mais.

Por: Nicolly Verly

(Foto destaque: ‘A fazenda 11’ têm sua estreia em 11 de setembro. Reprodução/ Divulgação Record)

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário