Ana Furtado teve que lidar com o transtorno de ansiedade de Isabella

Isabella Oliveira, que é filha de Ana Furtado, de 13 anos, teve transtorno de ansiedade no início do isolamento social. “Muitos adolescentes estão passando por transtornos de ansiedade. Eu a percebia com crise de ansiedade no começo“, assim contou a apresentadora em entrevista à Patrícia Kogut para O Globo.



Por isso, Ana conta que uma forma para lidar com a ansiedade da filha, foi inserir Isabella nas atividades domésticas. “Ela tem tido responsabilidade sobre as coisas dela, tem se mostrado pró-ativa. Ela é responsável por limpar o banheiro dela, arrumar o quarto, colocar e tirar a mesa das nossas refeições e me ajuda a lavar louça. Ela também estuda das 8h da manhã até meio-dia, depois faz os trabalhos de casa“, contou Ana sobre a rotina.

Leia mais: EXCLUSIVA: A dupla Bruninho e Davi conta sobre lançamento da música “Quarentena de Amor” e confirma nova live em junho

ana-e-isabella

Ana Furtado e sua filha Isabella pintando ovos para a Páscoa. (Foto: Reprodução/Instagram)


Contudo, Ana Furtado também comentou que conversar é a chave para uma boa convivência nesse período de quarentena. “O diálogo sempre foi o forte da nossa família. A gente expõe o que sente, o que quer. Tenho certeza de que sairemos dessa quarentena muito mais fortalecidos. Nunca imaginei que essa convivência 24h por dia, nos sete dias da semana, ia ser tão boa. Tem sido com amor, carinho, compreensão. Claro que existem discordâncias, não somos iguais. Temos e queremos coisas diferentes mas ainda assim o amor sempre fala mais alto“, expressou Ana.

Aumento de casos de ansiedade na quarentena no Brasil

Um estudo realizado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) mostrou um crescimento de 80% nos casos de ansiedades desde o início da quarentena. A então pesquisa foi feita com 1 460 pessoas de 23 estados, através de um questionário online com mais de 200 perguntas. Contudo, o resultado mostrou que as mulheres são mais propensas a sofrer com estresse e ansiedade durante o isolamento social, em especial as que precisam sair de casa para trabalhar, as que têm doenças preexistentes e são sedentárias.

Por: Vivian Riguetti

Imagem em destaque: Ana Furtado e sua filha Isabella. (Reprodução/Instagram)

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário