Cantora caiu em sua estreia como rainha de bateria na Vila Isabel, nesta segunda

Lexa levou um tombo durante o desfile da Unidos da Tijuca, na madrugada desta terça-feira (25), e a notícia continua repercutindo nas redes sociais. Por isso, a cantora Anitta, que é muito amiga da artista, usou o Twitter para defender a artista dos comentários negativos.



Leia Mais: Funkeira cai na Sapucaí na sua estreia como rainha de bateria

Foto: Reprodução/Twitter/BrazilNews

Foto: Reprodução/Twitter/BrazilNews


Após queda de Lexa na avenida, Anitta se revolta com as críticas e detona: ‘o povo só faz falar de 2 segundos de um 1 propecinho

“A pessoa faz 1 hora de desfile deslumbrante e o povo só faz falar de 2 segundos de um tropecinho que levantou mais ágil e elegante que o Plínio quando eu chego em casa de viagem. Ai ai, viu, internet. Vou dormir que isso cansa”, publicou a poderosa.

Saiba Mais: Anitta repudia fake news de caso com Lexa em viagem: “Fantasiosa e de mau gosto”

Anteriormente, a intérprete de ‘Sapequinha’ já havia se pronunciado na rede social:

“A pessoa samba mais de uma hora e o povo só fala da escorregada, rs! Acontece gente, várias rainhas já passaram por isso! Tá tudo bem”, disse ela.

Lexa caiu enquanto sambava na madrugada de segunda (24) para terça (25)

Assim, a rainha de bateria da Unidos da Tijuca, se desequilibrou justamente no momento em que era gravada pela Globo. Dessa forma, a queda aconteceu antes do recuo da bateria, na altura do Setor 9, e está entre os assuntos mais comentados da segunda noite de desfiles do Grupo Especial do Rio de Janeiro.

Saiba Mais: Lexa volta ao carnaval paulista depois da polêmica em 2019

“Eu caí e levantei diversas vezes. Eu tô aqui, tô muito feliz. Foi na mesma hora que vocês estavam gravando”, disse a funkeira, segundo entrevista à Globo, logo após o susto.

Mãe da cantora disse que sentiu vontade de pegar a filha no colo

Darlin Ferrattry, mãe da funkeira, disse, ainda segundo a entrevista, que sentiu vontade de pegar a filha no colo.

“Estava do lado dela e falei: ‘Eu estou aqui do seu lado. A Tijuca te ama, o Carnaval te ama’. Ela levantou e falou com o braço pra cima: ‘Eu estou aqui!’. Sou mãe, pra mãe o filho sempre será um bebê. Minha vontade era entrar lá e pegar ela no colo”, afirmou.

Por Lívia Cout

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário