A funkeira declarou, eventualmente, que “queria entender a sensação”

 

Anitta, sempre poderosa e muito polêmica, não hesitou em responder com sinceridade às perguntas que foram feitas sobre diversos assuntos em entrevista à Revista Veja, veiculada, inesperadamente, na última sexta-feira (24). Entre esses assuntos polêmicos, o uso de drogas, sua bissexualidade e a batalha contra a depressão, foram destaques.



Leia Mais: Anitta comenta BBB com famosos, e questiona ainda tarefa deles


Uma espécie de ‘estudo antropológico’ , comentou Anitta sobre o uso de entorpecentes. Em contrapartida, ela afirmou que não usa mais, foi só pra ‘entender a sensação’. (Foto: Reprodução/Instagram)


 

Quando questionada sobre o uso de entorpecentes, a musa carioca declarou, inegavelmente, que foi uma espécie de ‘estudo antropológico’ para entender como funcionava. Contudo, a cantora afirmou que não tem interesse em continuar usando.

“ Já experimentei muita coisa, sempre fora do Brasil. Queria entender como era a sensação, mas não é minha praia. Não gosto de ficar julgando as pessoas por coisas que eu não conheço ”, comentou ela.

No que diz respeito à bebida alcoólica, inesperadamente, ela confirmou que “consome apenas durante as festas”.

 

Cantora abre o coração sobre crise de depressão

Com uma agenda lotada de compromissos e sempre distante da família e dos amigos, Anitta passa por muitos momentos de solidão, surpreendentemente, embora tenha uma vida glamourosa.  Entretanto, com o tempo, tudo isso levou a musa a sofrer de depressão.

“Em 2017 tive uma crise pesada. No ano passado comecei a sentir que ia bater e corri para me tratar. Me treinei para perceber quando estou para ter uma recaída. Também sou ultra-ansiosa. Já precisei até tomar remédio ”, confirmou.

 

A poderosa abrindo o verbo sobre bissexualidade

Surpreendentemente solteira, a funkeira comentou sobre sua sexualidade, e aproveitou para se assumir bissexual. Ainda assim, ela e sua bailarina Ohana Lefundes, protagonizaram momentos quentíssimos no palco, e a cantora ainda afirmou que elas “se curtem fora” dele também.




Ainda sobre o assunto, a cantora comentou a sua demora em assumir-se.
“ Demorei a falar porque tinha medo que achassem que eu estava querendo aparecer. Isso nunca foi segredo para minha família. Sou assim desde os 13 anos, quando comecei a beijar na boca”
, declarou.

Confira a entrevista completa:

Por Thiago Martins

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário