O mercado do skincare busca sempre por novidades. Assim, no Japão os cuidados são baseado em 3 etapas: preparar, defender e regenerar

Nos últimos anos o mercado de skincare está crescendo muito. Dessa forma, estão sempre à procura de novidades e técnicas diferentes. Portanto, uma forma de cuidados faciais que ganha muito espaço é a asiática. Dentro disso, há o método japonês de cuidados. Ele é super autêntico e está dividido em 3 etapas: preparar, defender e regenerar.



Leia mais: Como Começar uma Rotina de Skincare na Quarentena


Youtuber de beleza japonesa, Yuuri Fukuse. (Foto: Reprodução/ Instagram)


Preparar:

É de consentimento geral que a limpeza da pele, além de ser a etapa mais importante, deve ser a primeira. Contudo, dentro do cuidado japonês, o processo deve ser feito duas vezes. Ou seja, essa etapa é levada bem a sério. O recomendado é usar produtos com mais de uma função. Dessa forma, que além de limpar, também removem maquiagem e impurezas mais profundas.

A segunda parte da preparação da pele, é a aplicação de um balanceador. Balanceador são produtos que regulam o pH da pele. Sendo assim, são super importantes.

Defender:

A etapa de defender a pele é importante a longo prazo. Assim, seu principal objetivo é defender o rosto das agressões diárias. Ou seja, da poluição, fricções e estresse, fatores que aceleram o envelhecimento.

Dessa maneira, os produtos usados devem proteger o sistema imunológico natural da pele. Por isso, eles potencializam as outras etapas do skincare.

Regenerar:

A última etapa tem como função amenizar e corrigir os sinais que já aparecem na pele. Dessa forma, é essencial apostar em produtos compostos por fatores que diminuem a elasticidade e aumentem a hidratação da pele, como o retinol e o ácido hialurônico.

Por fim, hidrate a pele, de preferência com produtos anti-idade. É importante lembrar de esperar um tempo entre a aplicação dos produtos, para que assim, a pele absorva totalmente cada um.

Por: Isabella Vasconcelos 

(Foto Destaque: Marilyn Yuuri Fukuse. Foto: Reprodução/ Instagram)

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário