Em conversa com Manu e Rafa, Thelma supõe que enfrentaria novo paredão no lugar de Babu Santana

Em reta final, o último domingo (05) foi comparado a uma montanha-russa ao se relacionar com vários sentimentos que ocorreram durante a exibição. Principalmente, para a médica Thelma Assis que conseguiu não ser eliminada, e em seguida, garantiu a décima segunda liderança do reality.



Em contrapartida, logo após a formação de paredão, a líder da semana revelou que se escapou de um suposto paredão. “Eu tenho impressão que se eu não tivesse ganhado a prova, eu iria de novo”, relatou ela. “Pela Flay e a Ivy né?!”, indagou a influencer Rafa Kalimann. “Se o Babu não tivesse ido, eu iria”, afirmou a médica.

Leia Mais: Boninho relata sobre situação do Big Brother Brasil durante a pandemia

Após castigo de ‘Monstro’, Thelma se aproximou muito de Rafa e Manu (Foto: Reprodução/Divulgação).


Contudo, Thelma ainda usou o exemplo do ator carioca que foi indicado novamente para o paredão. “Deve ser muito difícil mesmo para o Babu. A mesma felicidade que eu tive, para ele foi uma frustração”.

Entretanto, a cantora Manu Gavassi – que também estava na conversa – pontuou que elas estavam fortalecendo o Babu dentro da casa, não o deixando desamparado. “As pessoas deviam pensar ‘o cara acabou de voltar, tinha uma outra opção”, continuou.

Por fim, a médica confessou que apenas Gizelly pensou nesta hipótese e acabou transferindo seu voto para Mari Gonzalez. Mesmo assim, Babu acabou sendo mais votado ganhando dois votos e acabou enfrentando Flayslane (indicada pela líder) e Marcela (indicada pela casa).

Leia Mais: Rede Globo se pronuncia sobre a entrevista com Prior

Voto seguido

Desta vez, devido a votação aberta sem o uso do confessionário, Babu Santana ficou  chateado em relação aos votos recebidos. O ator criticou o comportamento de Ivy e Marcela por votarem nele seguidamente.

“Em doze paredões, eu votei em dez pessoas aqui dentro. Eu nunca repeti votos tanto assim, fui repetir agora”, criticou ele em conversa com Ivy Moraes. A mineira respondeu que o motivo de votar em Babu, de maneira insistentemente, é devido ao modo pessoal de jogo. “Eu respeito seu jogo, não tem problema nenhum em votar em mim. Mas este é o meu jogo, Babu!”, disse.


No quarto sozinho, Babu disse que se voltar do paredão,  fará “justiça” de votos que recebe constantemente. ” Se eu voltar, irei nas pessoas que andam massacrando a gente. Digo a gente, as pessoas que saíram.”

Por: Rafael Campos

Imagem em destaque: Reprodução/Divulgação

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário