Bruno Maffei afirmou que sua vida de luxo era fruto do estelionato praticado por seus falecidos pais e que Gabriela Pugliesi sabia e usufruía do dinheiro.

De acordo com a coluna de Leo Dias, Bruno Maffei, ex-participante da primeira edição do reality show “Alto Leblon” em 2017, revelou, pela primeira vez publicamente, que a sua vida de luxo, na verdade era fruto do estelionato praticado por seus pais, Benedito Maffei e Antonia Cavalcante, falecidos em 2014.



Leia Mais: Gabriela Pugliesi arrasa no look para celebrar aniversário

Entre os crimes cometidos pelos pais, há remessas ilegais de dinheiro para fora do país, agiotagem, e citação dos nomes de ambos na Operação Lava Jato.

Maffei ficou conhecido por ser o melhor amigo da blogueira fitness Gabriela Pugliesi.

Os dois se conheceram antes de Pugliesi ser uma celebridade, quando a moça era funcionária de Bruno em uma empresa.

A fama chegou para Gabriela e consequentemente para Bruno, por sempre andarem juntos. Ambos amavam a vida de celebridade e viviam ma vida de luxo, regada com muito jantares e viagens internacionais.

Entretanto é aí que entra a principal acusação de Bruno contra Pugliesi.

Erasmo Viana, Gabriela Pugliesi, Bruno Maffei e Rodrigo Lima. (Foto: Reproução / Instagram)


Gabriela X Bruno

O rapaz diz que Gabriela sempre soube da origem ilícita de seu dinheiro e jamais se importou com isso.

“Ela sabia da ligação da minha família com a contravenção. E, aliás, tirou muito proveito disso”, o muso se refere a viagens internacionais pagas com o dinheiro ilegal. “A viagem que fizemos para as Maldivas em 2015 foi toda paga com o dinheiro da minha família. Só de passagens foram 60 mil reais.”

Porém, entretanto, a relação entre Gabriela e Bruno começou a desandar quando denúncias contra ele começaram a surgir.

Por isso, a musa, em nome de sua imagem púbica, tirou Bruno de vez de sua vida.

Anteriormente, na última terça-feira (19), quando saíram as matérias sobre Bruno, a coluna de Leo Dias procurou a musa que resumiu com a seguinte declaração:

“Foi a maior decepção que eu tive na minha vida. Não quero falar mais uma palavra sobre ele”, referindo-se ao muso.

Portanto, nesta quarta-feira (20), Bruno retornou a ligação à coluna, revelando esta nova parte da história.

Pugliesi é fruto de um meio medíocre. Ela só ficou ao meu lado enquanto era lucrativo para ela, até porque eu pagava muita coisa. Cheguei a gastar 100 mil reais na loja da mãe dela, só para dar lucro a ela”, lembra Maffei.

Conforme a declaração de Bruno, Gabriela, também foi procurada pela coluna e disse:

“Deus tá vendo! Eu tô TRANQUILA e é assim que eu vivo minha vida, de consciência tranquila! Não tenho nada a declarar!”. A musa concluiu dizendo: “Na verdade, eu não quero dizer nada! Tô em paz”.

Contudo, não há qualquer vestígio referente à origem ilícita da fortuna dos pais de Bruno. Porém, segundo Maffei, isso se deve ao fato de os processos envolvendo seus pais correrem em segredo de Justiça.

Banido da elite carioca e ganhou fama de ‘golpista’

Um esquema podre envolvendo o nome do rapaz fez com que diversas pessoas, além de Gabriela Pugliesi, se afastassem.

De acordo com outra reportagem da coluna do Leo Dias, feita na última terça-feira (19), ele foi banido da elite carioca e ficou com fama de 171, pessoas que enganam as outras para se beneficiar financeiramente.

Processos na Justiça dão conta de que as contas e a até a herança do famoso estão bloqueadas, desde que denúncias contra ele foram feitas por pessoas que compraram bolsas de grife e acabaram recebendo peças falsas.

Outra denúncia contra o famoso abalou suas relações de influência. Bruno foi acusado de promover eventos beneficentes e ficar com todo o valor arrecadado para si.

Após ficar de abril a setembro sem publicar nada nas redes sociais, o famoso retornou com alguns cliques discretos e comentários liberados só para amigos.

À coluna, ele revelou que se internou em uma clínica psiquiátrica para tratar uma depressão causada por falsas acusações contra ele.

Convicto de que não possui culpa no cartório, Bruno revelou que já acertou tudo o que devia aos envolvidos e explicou que as polêmicas não passavam de um mal entendido.

“Quero ver se existe de verdade alguma pessoa que esteja batendo na minha porta e me cobrando por algo, ou se isso é apenas um grande boato que rolou sobre mim”, disparou.

Por Julia Moura

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário