O festival tem uma vasta programação com mais de 30 filmes que serão exibidos em diversos pontos culturais

No último domingo (05), o ator e diretor Caco Ciocler esteve no Clube Hebraica, na capital paulista, para a abertura do 22º Festival de Cinema Judaico de São Paulo. O festival será realizado entre os dias 5 e 15 de agosto e conta com uma vasta programação.



Os 32 filmes escolhidos variam entre ficção, documentários e uma sessão especial chamada Panorama de Israel, que serão exibidos em diversos centros culturais da capital. Além do Teatro Arthur Rubinstein na Hebraica, o MIS – Museu da Imagem e do Som de São Paulo, as sessões também serão exibidas no Sesc Bom Retiro e no Instituto Moreira Salles (IMS). Os valores variam de acordo com o centro cultural, com ingresso a partir de R$ 6 e exibições gratuitas.

O filme escolhido para abertura foi o israelense ‘O Testamento’, que ganhou o prêmio de Melhor Filme Festival Haifa em 2017.

Também marcaram presença no Clube Hebraica  o Secretário de Cultura do Estado de São Paulo, Romildo Campello,  o Cônsul da Alemanha, Axel Zeidler, o promoter Caio Fischere o presidente do Hospital Albert Einstein, Dr. Sidney Klajner.

(Por Fernanda Uema)

Caco Ciocler em discurso de abertura do 22º Festival de Cinema Judaico de São Paulo (Leo Franco/ AgNews)


Caco Ciocler (Leo Franco/ AgNews)


Caco Ciocler e Caio Fischer (Leo Franco/ AgNews)


Confira aqui a programação completa dos filmes e horários.

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário