O veganismo não está presente só na alimentação, indo muito além disso. Conheça as marcas de calçados veganos que inovaram no mundo da moda sem utilizar matéria prima animal.

veganismo vem crescendo entre a população, mudando o estilo de vida de muitos, principalmente na alimentação. Além disso, nos últimos anos inúmeras marcas começaram a fabricar produtos de forma mais sustentável, a fim de não utilizar matéria prima animal. Dessa forma, para fazer os calçados veganos, as empresas reaproveitam outros materiais, como, por exemplo, tecidos e plásticos.



Ademais, a maioria das marcas veganas também priorizam outros pilares da sustentabilidade, a fim de adotar métodos de tingimento menos poluentes, bem como o compromisso social, valorizando seus funcionários.

Leia mais: 5 marcas veganas e livres de crueldade animal

1.Insecta Shoes


Fundada em 2014, a Insecta surgiu da ideia de duas mulheres que decidiram juntar seus negócios com a finalidade de fabricar sapatos veganos. A princípio, linha de calçados é unissex, possuindo numeração do 33 ao 45.

Como resultado, hoje a marca utiliza materiais como plástico reciclado, algodão reciclado, borracha reaproveitada, peças de roupas usadas, tecidos de reuso, bem como resíduos de produção que seriam jogados fora e os transformamos em novos sapatos. Ademais, a Insecta shoes doa 6% da sua renda para a Associação de Moradores de Paraisópoles.

E de maneira idêntica à outras lojas, essa marca também produz mochilas e necessaires, e disponibiliza seus produtos tanto no e-commerce como em algumas lojas físicas!

2. Urban Flowers


Urban Flowers – sapatos veganos (Foto: Reprodução/Urban Flowers)


Em contrapartida, a Urban Flowers prioriza práticas sustentáveis e de lixo zero. Desse modo, não apenas a escolha do material das lixeiras do banheiro, como também a posição solar é estratégica para poupar recursos e melhorar a qualidade de vida da equipe que trabalha para a empresa. Além disso, a marca adota quatro causas: o feminismo, visto que a empresa é composta majoritariamente por mulheres; o veganismo; a sustentabilidade e o slow fashion

Outrossim, a Urban ainda vende roupas e bolsas!

Leia mais: Batons Boticário Make B.: A linha 100% Vegana

3. Vegalli Shoes



Em terceiro lugar, criada por uma família de italianos, a Vegalli já está há mais de 50 anos no mercado. Ademais, a marca conta com as tecnologias mais avançadas para a fabricação de calçados.

“O que a Vegalli Calçados e Acessórios Veganos e Sustentáveis traz de novo é a preocupação com o meio ambiente, é ajudar a preservar a nossa casa, aliada ao know-how em fazer um sapato de altíssima qualidade”, diz o site da empresa.

4. Vegano Shoes


Rosemir Folhas, dono da Vegano Shoes (Foto: Reprodução/Estadão)


Essa empresa foi fundada pelo químico Rosemir Folhas, e diretor da marca. Ao todo, a Vegano acumula mais de uma década de experiência com matérias-primas calçadistas. Similarmente à outras empresas, o interesse pela preservação do meio ambiente, unido ao desejo de propagar o veganismo, fez com que o químico iniciasse pesquisas com o intuito de fabricar produtos alternativos a partir de novos materiais, sustentáveis, bem como livres de qualquer crueldade animal.

5. VERT Shoes


Meghan Markle usando tênis da VERT Shoes (Foto: Reprodução/ People)


“No Vale do Sinos, no sul do Brasil, a VERT fabrica seus tênis em uma fábrica na qual os direitos dos trabalhadores são respeitados”.

Apesar de seus calçados serem veganos, eles não são 100% sustentáveis. Por isso, a marca resolveu limitar sua produção, a fim de não consumir muita matéria prima a base de petróleo e aderir à slow fashion. Desse modo, a empresa ainda vem tentando utilizar matérias primas vegetais e não poluentes.

Leia mais: Os benefícios da maquiagem vegana

Por Ana Luísa Araújo

Foto destaque: (Reprodução/Ladovegan Blogspot)

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário