Descubra como lidar e o que é a caspa

Dermatite seborreica ou mais conhecida como caspa é um problema bastante comum e que atinge grande parte da população. Nesse sentido, a caspa é uma doença inflamatória e crônica que ocorre no couro cabeludo. Ainda assim, flocos brancos ou até mesmo amarelados aparecem na raiz do cabelo devido à doença. Mesmo não tendo cura, a dermatite seborreica pode ser tratada com alguns cuidados. Dessa maneira, separamos algumas informações para lhe ajudar a lidar com esse problema, confira!



Caspa . ( Foto: Reprodução/ Marsplay)


Leia mais: 5 métodos de como eliminar caspa naturalmente

Ainda assim, a dermatite seborreica pode se manifestar em outras partes do corpo além do couro cabeludo, onde a produção de óleo pela glândulas sebáceas é maior.

A caspa aparece como lesões avermelhadas que coçam e descascam, principalmente nas áreas da barba, sobrancelhas, perto do nariz, orelhas, peito, costas, cabelo e axilas.

Nesse contexto, confira algumas informações abaixo para lidar com a caspa.

1. Fique atenta às mudanças

Assim como a escamação do couro cabeludo, a caspa também traz consigo outras reações, como vermelhidão devido a inflamação. Quanto mais cedo você notar os sintomas, mais cedo irá tratá-la.

2. Use shampoo anticaspa

Logo após descobrir que está com a dermatite seborreica procure um dermatologista, e ele lhe recomendará qual shampoo anticaspa usar. Esse é o produto principal no combate ao flocos brancos. Além disso, ele deve ser aplicado no couro cabeludo, com movimentos circulares.

3. Não deixe de lavar os cabelos

A oleosidade no cabelo pode aumentar devido a falta de lavagens, e isso colabora para o aparecimento do fungo que se alimenta de sebo. Bem como, normalmente durante o inverno a seborreia atinge mais pessoas, o qual é um período em que as lavagens de cabelo diminuem a frequência.

4. Dê tchau para a água quente

Se você quer evitar a dermatite seborreia dê tchau para os banhos com água quente, essa temperatura faz com que a oleosidade e os incômodos nas áreas propícias à doença aumente. É recomendável também diminuir o uso de secadores e chapinhas no couro cabeludo.

5. Mantenha o estresse e a ansiedade controlada

O estresse e a ansiedade podem colaborar para que a caspa apareça, isso ocorre por conta da relação direta da nossa pele com o sistema emocional. Assim, as meditações, terapias e atividades físicas podem ajudar neste problema.

Por: Wemilly Moraes

(Foto Destaque: Combate à caspa. Reprodução/ Deposit photos)

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário