Em tempos de pandemia da Covid-19 e a nova rotina imposta pelo isolamento social, se readaptar da maneira mais saudável parece a melhor opção

No momento em que nos encontramos, não é novidade que ficar em casa é a melhor e mais segura opção quando o assunto é se proteger do novo coronavírus. Atualmente, nos encontramos numa nova rotina, onde é necessário desacelerar e se readaptar a nova realidade imposta pela pandemia, e assim se manter saudável. Aulas remotas ou onlines, home office, cuidar da saúde, do lar e dos filhos… parece que a lista de responsabilidades durante a quarentena está mais cansativas do que antes com o passar das semanas.



Contudo, é necessário procurar manter o equilíbrio e levar a vida de maneira saudável. A princípio, as pessoas sempre estão preocupadas com o bem-estar físico do corpo. Porém, não podemos esquecer que a saúde é uma tríade (física, mental e emocional). Dessa forma, é preciso se preocupar também com os últimos dois aspectos. “O que a gente pode fazer nesse momento é cuidar da saúde física e mental, em casa, no momento. Então o primeiro passo que a gente tem para lidar com isso é aceitar esse momento”, afirma a psicóloga e coach Luana Menezes.

Leia Mais: Exclusiva: Transtornos alimentares, compulsão e como gerar novos hábitos durante a pandemia

É preciso cuidar da sua saúde física

Estar em casa e se exercitar é fundamental. (Foto: Reprodução/MSN)


Agora que você tem mais tempo em casa, por que não tentar uma alimentação mais saudável? Segundo o site oficial do Ministério da Saúde, “uma alimentação adequada e saudável garante uma boa nutrição e o funcionamento adequado de todo o corpo. Portanto, ela influencia, e muito, na saúde”. Por isso, é primordial manter uma rotina alimentar.

Além disso, é importante realizar atividade física durante esse período. Estar em casa, muitas vezes, significa lidar com um comportamento sedentário, já que não estamos saindo e nos movimentando como antes. Por isso, tente arrumar motivos para realizar atividades físicas. Quem sabe subir e descer as escadas do seu prédio algumas vezes por semana ou dançar com os vídeos do Fitdance no YouTube? Além disso, aposte em atividades lúdicas com seus filhos. Atividades como, montar blocos e legos, circuitos, mímicas e brincadeiras que podem ser encontradas nas na internet são de grande ajuda.


(Foto: Reprodução/monkeybusinessimages/Thinkstock/Getty Images)


Leia Mais: Como assegurar o “brincar” do seu filho durante o isolamento social?

Não se pode esquecer da sua saúde mental e emocional

Parafraseando Aristóteles, o ser humano é um ser social porque é um animal que, por conseguinte, precisa dos outros membros da espécie. Por isso, ficar recluso em casa por muito tempo pode prejudicar a sua saúde mental e emocional. Apesar de estarmos passando por uma situação atípica, é preciso tentar, ao máximo, driblar a situação e pensar de maneira positiva.

Pensar positivo fortalece a nossa imunidade

“O nosso pensamento é vibração. As nossas células reagem a essa vibração. Então, se a nossa energia está negativa por conta dos nossos pensamentos negativos, acabamos atraindo coisas negativas para gente, pois ficamos estressados. Da mesma forma, quando pensamos positivo, as nossas células vibram com isso também. A gente fortalece a nossa imunidade. Conseguimos, assim, produzir mais. Então, isso é muito importante. Nesse momento, compartilhe coisas boas”, conta Luana.


A meditação auxilia no equilíbrio da sua saúde emocional e mental. (Foto: Reprodução/Shutterstock)


Você pode fazer algumas atividades para poder equilibrar esses dois aspectos da sua saúde. Nesse momento, tentar relaxar e tentar entender os seus sentimentos, para que consiga lidar com eles, é essencial. A meditação, por exemplo, é uma boa pedida nesse momento. Na internet é possível encontrar, gratuitamente, dicas e canais no youtube sobre o tema, como o Luz da Serra e o MOVA. Além disso, você pode tentar se desconectar um pouco das notícias online, caso se encontre num estado de maior estresse e ansiedade.


Façam atividades que te dão prazer. Se gostar de cozinhar, por que não tentar uma aprender uma receita nova? (Foto: Reprodução/Meu Umbigo no Fogão)


Seja criativa. Que tal arriscar jogar aquele jogo no vídeo game com os seus filhos ou tentar aprender uma receita nova e colocar a mão na massa? Por que não colocar no papel os seus sentimentos em forma de canção ou poema? E, por fim, procure fazer coisas que você gosta e que, há muito tempo, não tinha tempo para fazer. Quem sabe ‘maratonar’ algumas séries na netflix ou ler aquele livro que você tinha vontade?

Por: Raianne Romão

(Foto destaque: .Reprodução/Getty Images)

 

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário