Designer Elissa Brunato desenvolveu paetês holográficos biodegradáveis

Os paetês ou lantejoulas como são conhecidas popularmente, são utilizadas normalmente para dar aquele brilho nas roupas. Os paetês são utilizados sempre para mostrar o glamour das peças, as vezes são substituídos por tecidos luminosos, mas por sua diversidade, sempre volta ao gosto dos consumidores.



Designer de Moda Elissa Brunato (Foto: Reprodução / Twitter)


Leia mais: 5 Looks da IZA para você usar em casa

Pensado sobre isso, a designer pesquisou mais sobre a produção dos paetês e seu impacto no meio ambiente. Então, se propôs a estudar alternativas para a reprodução de lantejoulas.

A ideia surgiu quando produzia a conclusão do Futuro dos Materiais pela Central Saint Martins. Com ajuda de cientista de Rise (Instituto de pesquisa da Suécia), a designer começou a produzir os paetês com resíduos de celulose extraídos de restos de papeis, jeans e vegetais.

“Eu já estava inserida na indústria da moda, especificamente na área de bordado. Por meio do meu trabalho em várias lojas e em diversas viagens a países fabricantes, desenvolvi uma compreensão mais profunda sobre o ramo, além de reparar melhor nas preocupações dos usuários, estilistas e fornecedores”, explicou na entrevista para a UAL.

A ideia é que seja utilizados na sua produção, restos de matérias dispensados nos chão das fábricas. Em laboratório, o brilho seria extraído de forma natural, sem a necessidade de produtos químicos.

Porém, a preocupação é a produção dos paetês produzidos de plástico de PVC, e seu descarte inadequado do material, que produz microplásticos. Um dos maiores poluentes do meio ambiente, esses que são liberados na fabricação e nas lavagens das peças.

A pesquisa Lantejoula Bio Iridescente

Ainda mais, para a produção dos paetês, Elissa se inspirou na natureza. Nas cores da borboleta, nas escamas de peixe e de cobra, e no brilho natural do meio ambiente.

A pesquisa ganhou premio em 2019 no concurso de inovação Mullen Lowe Nova Awards, patrocinado pela faculdade de arte e design CSM. Por fim, a designer planeja junto com outros designer e estilistas implantar essas novas lantejoulas no mundo da moda.

Enfim, a produção dos paetês já começaram a serem feitas em Londres, mais em poucas quantidades. A designer planeja expandir essa pesquisa também para a produção de materiais para substituir tecidos, para oferecer alternativas sustentáveis.

Por: Andreza Soares

Imagem em destaque: Designer de Moda Elissa Brunato. (Foto: Reprodução/ Site Dezeen)

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário