O cantor encerra apresentação por pneumonia

Na noite de domingo (16), Elton John precisou terminar o show na Nova Zelândia por conta de uma pneumonia.



Por outro lado, tocou apenas 16 músicas antes de sair do palco aos prantos e rouço.

Todavia Elton não conseguia mais cantar, mesmo com muitos esforços subiu ao palco.

Leia mais: Pneumonia obriga Elton John a encurtar apresentação na Nova Zelândia



Apesar de não ter condições nem de ter feito o show, Elton fez o máximo que podia e lamenta “Não posso cantar. Perdi completamente a voz”.

Entretanto, mesmo que tenha tocado poucas músicas em comparação ao seu show na noite anterior, o público aplaudiu e se emocionou com as palavras de John

Jacinda Ardern, primeira ministra da Nova Zelândia comentou com o Jornal NZ Herald que encontrou com Elton John antes da apresentação.

“Dava para perceber que ele não estava se sentindo bem”.

Logo depois declara que o fato dele ter passado duas horas no palco foi uma performance incrível.

Atualmente, de acordo com o Centro para o Controle de Doenças dos Estados Unidos.

Os sintomas de pneumonia são cansaço, dor de garganta, febre e tosse, nos casos mais graves, infecção pulmonar.

Aos 72 anos, o artista estava em sua turnê mundial “Farewell Wellow Brick Road”, com início em 2018 e finalização em 2020, em Londres. Há mesma pode ser a última antes de sua aposentadoria.

Segundo em seu instagram, o cantor falou com seus fãs explicando toda a situação e mais uma vez pedindo desculpas, muito abalado.

“Fui diagnosticado com uma pneumonia atípica mais cedo, mais estava determinado a fazer para vocês o melhor show humanamente possível”.

Sobre futuros shows

Logo sua agenda ainda continua marcada, focado nos seus dois shows que acontece na cidade de Auckland.

O primeiro na terça-feira (19) e na quinta-feira (20). As duas fazem parte da sua turnê de despedida.

Por Clara Paixão

 

 

 

 

 

 

 

 

Related Article

No Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário