Cerca de 60% dos brasileiros descobrem um nódulo na tireoide

A atriz Carla Diaz, que interpreta Suzane Von Richthofen no filme “A Menina que Matou os Pais”, revelou estar com um nódulo na tireoide, em suas redes sociais. Assim como ela, 60% dos brasileiros têm um nódulo na tireoide, sendo mais de 90% deles benignos. Dessa forma, a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia – Regional Minas Gerais (SBEM-MG) alerta a importância de consultar um especialista para avaliar a glândula e o funcionamento com exames físicos, de imagem e sangue.



Antes de mais nada, um nódulo de tireoide é uma massa de tecido tireoidiano que cresceu ou um cisto cheio de líquido que se forma na glândula. As chances de desenvolver nódulos evoluem com a idade. Portanto, a consulta de rotina é importante para descobrir qualquer alteração ainda no início.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), a incidência dos casos de câncer na tireoide aumentou nos últimos anos. Assim, estima-se que 2.310 casos novos em homens e 11.950 em mulheres para cada ano do triênio 2020-2022. Os números correspondem a um risco estimado de 2,17 casos novos a cada cem mil homens e 11,15 para cada cem mil mulheres.

Leia mais: Câncer de mama: os homens também precisam ficar atentos


A tireoide é uma glândula, localizada na frente do pescoço. (Foto: Reprodução/Onkos)


Sintomas

A maioria dos nódulos não provocam sintomas. Contudo, nódulos grandes podem ser pressionados contra outras estruturas no pescoço, ocasionando sintomas como:

  • Bócio ou glândula aumentada ou sensação de caroços no pescoço
  • Rouquidão ou mudança de voz
  • Dor no pescoço
  • Problemas para respirar
  • Problemas para engolir

Diagnóstico

 A maioria dos nódulos são encontrados durante um exame físico de rotina. Assim, se o médico detectar um nódulo ou se você tiver sintomas de um nódulo, os seguintes exames podem ser feitos:

  • Nível de TSH e outros exames de sangue associados à tireoide
  • Ultrassonografia
  • Exame da tireoide
  • Biópsia por aspiração com agulha fina

Tratamento de Nódulo na tireoide

O especialista poderá recomendar cirurgia para remoção de toda ou parte da glândula se o nódulo for:

  • Suspeito de estar produzindo muito hormônio da tireoide
  • Causador de sintomas, como problemas para engolir ou respirar
  • Devido a um câncer da tireoide
  • Não puder ser diagnosticado como câncer ou não.

Contudo, para nódulos não cancerígenos que não causam sintomas e não estão crescendo, o melhor tratamento pode ser:

  • Acompanhamento cuidadoso com exame físico e ultrassom
  • Uma biópsia da tireoide repetida a cada seis a doze meses após o diagnóstico, especialmente se o nódulo tiver crescido
  • Outro tratamento possível é a injeção de etanol (álcool) no nódulo para encolhê-lo.

Por: Jesus Henriques

(Foto Destaque: Não há formas comprovadamente capazes de prevenir o surgimento de um nódulo. Reprodução/ NICAP)

 

 

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário