Em um vídeo postado em seu instagram, Melissa Benoist abriu seu coração sobre um relacionamento abusivo que sofreu.

 

“Normalmente não faço essas coisas, mas tenho algo que gostaria de dividir”. Disse Melissa Benoist, a intérprete da personagem título na série Supergirl, no video postado em seu instagram nessa quarta-feira. Logo depois, ditou as primeiras palavras da declaração que tinha preparado:



“Eu sou uma vítima de violência doméstica.”

Lei também: Em entrevista, Joelma falou sobre violência doméstica que sofria na época do Calypso

Melissa Benoist. Imagem: Reprodução/Internet


O que se seguiu no vídeo foi um depoimento corajoso e honesto sobre o abuso sofrido pela atriz.

Melissa não nomeou seu agressor, mas o descreveu como uma pessoa caristmática, mais nova que ela e também imatura. Ele fazia ela se sentir especial e menos sozinha no começo. E enquanto no início o relacionamento não foi violento, o parceiro da atriz já mostrava sinais de controle e ciúmes excessivos. Ele espionava seu celular, a fazia trocar de roupas e chegava a brigar com ela com quando o trabalho fazia com ela tivesse que se aproximar de outros homens.

Melissa explicou que o divórcio dos pais fez com que ela se apegasse a ideia de manter o relacionamento independente de todos os problemas.  “Ele me amava. Eu achava que amava ele, e ia fazer nosso relacionamento funcionar a qualquer custo” disse.

O começo da violência

A primeira agressão veio quando o parceiro jogou um copo de smoothie no rosto da atriz. Em princípio, ela diz ter ficado tão chocada que não soube como reagir. E a partir desse ato, os abusos só aumentaram. Melissa revelou ter levado tapas, socos, beliscões tão fortes que feriam a pele, empurrões que chegavam a danificar as paredes, e falou até mesmo de ter sido arrastada no chão pelos cabelos e sufocada. Como resultado, a atriz começou a sentir os efeitos emocionais do trauma. “Eu aprendi a me trancar em quartos, mas parei rapidamente porque as portas eram inevitavelmente quebradas. Eu aprendi a não valorizar meus pertences, substituíveis ou não. Aprendi a não valorizar a mim mesma”.

Melissa disse que tinha a ilusão de que iria mudar o parceiro se continuasse com ele. Mas que, no entanto, quem acabou mudando com o tempo foi ela mesma. Ela disse que mentia para os amigos íntimos para justificar os machucados, e começou a responder a violência que recebia de seu parceiro.  Dessa forma, virou uma pessoa na rua e outra em casa.

Quebrando o ciclo

A gota d’agua veio quando ele a agrediu com um telefone celular no rosto. “O impacto rasgou minha íris, quase rompeu meu globo ocular, lacerou minha pele e quebrou meu nariz. Meu olho esquerdo fechou por causa do inchaço. Meu lábio inchou… Algo dentro de mim quebrou, isso foi longe demais”. Além de tudo, o golpe foi tão grave que ainda causou um dano permanente em sua visão.

A explicação pública para o ferimento foi de que Melissa tinha tropeçado e caído em um vaso de plantas em casa. E a atriz chegou a repeti-la em algumas entrevistas durante a divulgação das primeiras temporadas de Supergirl.

Quem a ajudou inicialmente foi uma amiga que tomou coragem para conversar com Melissa em particular e perguntar se ela era vítima de violência doméstica. Como resultado de adimitr o que estava acontecendo em voz alta, Melissa conseguiu forças para se afastar do parceiro agressivo. Mas nem por isso o processo de separação foi fácil. “Partir não foi um passeio no parque. Não é um evento, é um processo. Tive sentimentos complicados de culpa por sair e por machucar alguém que protegi por tanto tempo, e sim, um sentimento triste de deixar algo familiar. Mas, felizmente, em quanto mais pessoas eu confiava, mais eu me fortalecia. Nunca perdi o sentimento de clareza que me dizia: ‘Você não merece isso’”.

O processo de cura.

Melissa explicou que essa experiência a ajudou a compreender o que o amor é e o que não é, e da força que ela tem em si mesma. Ela falou que quebrar o ciclo de violência foi uma das escolhas mais recompensadoras e empoderadoras que já fez por si mesma. E também disse que vai passar o resto da vida se curando dessa experiência e que não tem problema porque a cura é um processo constante, porém possível.

A atriz terminou seu depoimento declarando que espera que compartilhar essa experiência possa inspirar outras pessoas. “Eu quero que as estatísticas mudem. E espero que contar minha história ajude a evitar que mais histórias como a minha aconteçam.”

E o vídeo foi concluido com uma mensagem para vítimas de situações semelhantes: “E se você está passando por algo parecido com o que eu passei, talvez ver isso seja a gota d’água necessária para você. Ou pelo menos você vai começar a pensar na sua liberdade. E nesse caso eu estou aqui, eu estou com você. E você pode e merece viver uma vida sem violência.”

Melissa se casou em setembro desse ano com o ator Chris Wood, seu colega de elenco em Supergirl. Antes disso, ela esteve em um relacionamento com o ator Blake Jenner entre 2013 e 2016.

 

Por Eleonora Barros

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário