Bruninho e Davi conversam com o site da Lorena e falam sobre quarentena, seu último projeto “Quase Ontem” e próxima live

Donos de sucessos como “E essa boca aí” e “ Se Namorar Fosse Bom”, Bruninho e Davi emplacam cada vez mais hits, perpassando por diversos gostos e provando que o sertanejo pode manter suas raízes. Ao mesmo tempo que ousa e converge com outros ritmos. É a música sem distinções.



Além disso, a quarentena contribuiu para uma nova composição da dupla sul-mato-grossense. Então nasceu a romântica canção intitulada “Quarentena de Amor” e já coleciona mais de 40 mil visualizações. “Escrever a música foi uma forma de terapia que encontrei para enfrentar esse momento de isolamento social”, conta Davi.

Leia mais: EXCLUSIVA: Pe Lu e Brian, do Selva, falam sobre carreira e próximos lançamentos que irão acontecer em breve

Dupla Bruninho e Davi

Bruninho e Davi terão a próxima live em junho. (Foto: Reprodução/Danilo Borges)


Relembrando o DVD e live a “Violada”

Os rapazes iniciaram sua carreira na música há dez anos, e a partir de então não pararam mais de produzir. Além de três álbuns lançados, a dupla lançou o DVD “Quase Ontem” em dezembro, contando com a participação de diversos artistas.

Bruninho conta:  “Foi incrível. Para esse projeto comemorativo apostamos em sons diferentes, que reforçam nossa versatilidade como músicos, e poder contar com artistas e amigos que admiramos, como rapper Vitão, o humorista Renato Albani, com os moleques do Atitude 67, que são nossos amigos desde a juventude, e outros artistas incríveis, abrilhantou ainda mais essa comemoração. Ficamos muito felizes com resultado”.

Embora a pandemia tenha freado alguns shows, a dupla promoveu no início do mês, a live “Violada” que reuniu seus maiores sucessos e músicas do seu novo projeto em uma exibição de cinco horas. Aliás, com a live, Davi explica que conseguiram contribuir para o Mesa Brasil Sesc. “Recebemos doações e boas energias de muitas pessoas e parceiros, foi gratificante”, diz.

Certamente para alegria dos fãs, os jovens anunciaram uma nova live em junho. Só que prometem um lado pop da dupla. “Gostamos de dizer que é a live “plugada”, com guitarra, teclado e tudo que gostamos!”, conta Davi. Sem dúvida, pode-se aguardar um show diferenciado. Visto que já faz parte da identidade da dupla.

Bruninho e Davi

Bruninho e Davi lançaram DVD “Quase Ontem” reunindo sucessos da carreira. (Foto: Reprodução/Danilo Borges)


Leia a entrevista com a dupla Bruninho e Davi na íntegra:

1. O que inspirou a canção “Quarentena de Amor”?

DaviEscrever a música foi uma forma de terapia que encontrei para enfrentar esse momento de isolamento social. A letra de “Quarentena de amor” foi inspirada no que estamos vivendo, cuja necessidade do distanciamento torna-se cada vez mais necessária para diminuir o risco de contágio e transmissão da Covid-19. O Isolamento social tem transformado a maneira como as pessoas se relacionam e a letra fala justamente sobre ficarmos separados de quem amamos.  “Quarentena de amor” também é uma forma de nos aproximarmos de nossos fãs.

2.  No embalo de isolamento, como têm sido a quarentena de vocês?

Davi – Tenho aproveitado para ficar mais com a minha filha. Na correria dos shows acabo ficando bastante tempo longe dela. Além disso, nós estamos preparando coisas novas nesse momento. Apesar do isolamento o trabalho por trás de tudo não para.

Bruninho – É um momento de muita reflexão sobre tudo (carreira, vida…). Estamos caminhando para ter um novo padrão de “normal” no mundo e estou trabalhando muito a cabeça pra isso. Estamos criando coisas novas, a ideia é sempre achar o que nem todos estão enxergando. Na crise surgem oportunidades, o que mantém minha mente equilibrada é ir atrás delas.

3.  A pandemia tem feito elos de ligação entre músicos e fãs, passando a barreira dos palcos e dos estúdios, o que vocês acham disso? De que forma isso, no ponto de vista de vocês, pode contribuir para o futuro da música?

BruninhoA pandemia tem promovido diversas manifestações artísticas que visam levar entretenimento e a reflexão sobre esse momento. Acho incrível esse movimento que surgiu no meio artístico. Como artista é enriquecedor expandir nossa forma de atuação além dos palcos, e buscar formas de estarmos perto de nossos fãs.

É uma oportunidade de  levar um momento de descontração para todos que estão em suas casas. Com certeza fica a lição de que a arte e a música são importantes em todos os momentos, hoje além de aliviar o peso da realidade que estamos vivendo, conseguimos ajudar quem necessita através das lives e outras ações sociais.

4.  Nesse mês tivemos a Live “Violada”. Comenta com a gente, como foi a experiência de 5h online, como foi para montar um show seguindo as recomendações de segurança e, aliás, teremos outra em breve?

Davi Foi uma tarde muito feliz. Estávamos com saudade dessa energia de tocar para nossos fãs. A Violada tem essa vibe leve, divertida, em que podemos cantar os sucessos que marcaram nossa carreira e clássicos de artistas que crescemos ouvindo e admiramos. 

Além de tudo, conseguimos contribuir para “Mesa Brasil Sesc”, recebemos doações e boas energias de muitas pessoas e parceiros, foi gratificante.  Para viabilizar a live nós voltamos no tempo e assumimos funções que não fazíamos há algum tempo, montamos, afinamos os instrumentos, e tudo que era necessário para a live acontecer. Dessa forma conseguimos seguir a necessidade de distanciamento, que é super importante para todos nós ficarmos seguros. 

Cuidados essenciais  que todos  devem tomar, e vale reforçar sempre, quem puder, fique em casa. E sim, teremos uma nova live em junho, dessa vez trazendo o lado mais pop do BED. A gente vai tocar todas as nossas músicas que não tocamos na Violada. Gostamos de dizer que é a live “plugada”, com guitarra, teclado e tudo que gostamos!

5. Recentemente, vocês lançaram o DVD “Quase Ontem” em comemoração aos 10 anos da dupla, revisitando vários sucessos e com participações de diversos artistas. Como foi reviver a trajetória através das músicas e ainda, compartilhando com outros músicos?

Bruninho Foi incrível.  Para esse projeto comemorativo apostamos em sons diferentes, que reforçam nossa versatilidade como músicos, e poder contar com artistas e amigos que admiramos, como rapper Vitão, o humorista Renato Albani,  com os moleques do Atitude 67, que são nossos amigos desde a juventude, e outros artistas incríveis, abrilhantou ainda mais essa comemoração. Ficamos muito felizes com resultado.

6.  E por fim, as doses homeopáticas de “Quase Ontem” divido por partes (brincando com a ansiedade dos fãs) trazem sempre a sensação de algo novo e diferente. O que se tornou uma marca de vocês. Sendo assim, o que podemos esperar de novidade?

Davi –  rs, muito mais do que mexer com a ansiedade dos fãs, a ideia de lançar o conteúdo em partes foi justamente abastecer nossos fãs com novidades praticamente o ano inteiro. Estamos numa geração que consome muito conteúdo e com essa estratégia de dividir o projeto * “Quase Ontem”* em cinco partes, conseguimos atender essa necessidade dos fãs. O resultado ficou do jeitinho que imaginamos, até melhor, e somos muito gratos aos parceiros.

Confira o sucesso da dupla “Quarentena de Amor”:

(Vídeo: Reprodução/YouTube)


Por: Saiane Castro

Imagem em destaque: Bruninho e Davi em entrevista exclusiva com o site Lorena Bueri. (Foto: Reprodução/Danilo Borges)

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário