A analista da CNN Brasil Gabriela Prioli rebateu a postura do homem: ‘Bobão inconveniente’

Na noite de ontem (5), Gabriela Prioli promoveu uma live em suas redes sociais, afim de bater um papo com seus seguidores. Desse modo, a analista se deparou com uma situação o tanto que constrangedora, ao ler o comentário de um homem chamando-a de “tesão”, o que fez com que a mesma rebatesse rapidamente essa conduta.



Após sua contratação em 2019 pela CNN Brasil, e algumas polêmicas no programa “O Grande Debate”, incluindo suas desavenças ao vivo com Reinaldo Gottino, a advogada ganhou milhares de seguidores, e como consequência, tem que lidar diariamente com o preço da exposição, que tem seus pós e contras.

No comentário feito pelo seguidor em forma de “cantada”, ele afirma não ser tarado. “Não sou tarado, viu, mas você é um tesão”, concluiu. Após tomar ciência, Gabriela respondeu. “Pode não ser tarado, mas que é um bobão inconveniente, isso com certeza é”, enfatizou.


Gabriela Prioli rebate seguidor. (Foto: Reprodução/Instagram)


Leia mais: Gabriela Prioli se derrete por Rafa Kalimann

Após ser questionada, Prioli que também é professora da pós-graduação em direito da Universidade Mackenzie aproveitou a oportunidade para relatar os desafios de ser uma mulher falando sobre política na TV. “O povo tenta te descredibilizar o tempo inteiro. O tempo inteiro, as pessoas dizem que eu deveria ser de tal jeito. Você tem de, o tempo inteiro, dizer ‘obrigada, mas eu já pensei. Essa é a minha opinião mesmo. (…) Já tentaram me descredibilizar tanto na minha vida que eu consigo manter a calma”, alegou.

Contudo, ela afirma: “Acho que meu estereótipo é de uma pessoa muito frágil, doce. Mas sei ser muito firme e não preciso ser cuidada. As pessoas quando se deparam com isso ficam assustadas”, concluiu.

Por: Victor Soares

(Foto destaque: Gabriela Prioli. Reprodução/Instagram)

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário