A modelo revelou em seu novo livros inseguranças que teve antes de chegar no topo.

Pra você que acha que nenhuma celebridade sofre com insegurança na aparência, uma das modelos mais bem pagas do mundo, Gisele Bündchen, contou detalhes em seu novo livro sobre ter sofrido insegurança durante a amamentação e de ter se arrependido por ter colocado silicone.



Saiba mais: Em entrevista à People, Gisele Bündchen revela que já pensou em suicídio

”Eu sempre amei o meu corpo e senti que as pessoas tinham expectativas sobre mim que eu não conseguia cumprir. Me senti muito vulnerável porque eu malhava, comia saudável, mas não podia mudar o fato que meus dois filhos gostavam mais do meu peito esquerdo do que o direito. Só queria que eles fossem iguais e que parassem de comentar.”, desabafou Gisele em entrevista à revista People.

Saiba mais: Gisele Bündchen celebra beleza natural do Brasil

”Quando eu acordei da cirurgia, eu não acreditava no que havia feito. Me senti presa num corpo que desconhecia. Pela primeira vez, usei roupas largas porque me sentia desconfortável.”, lamentou.

Quem ajudou Gisele a se manter firme em relação ao seu corpo, foi o marido Tom Brady. ”Ele disse que me amava acima de tudo e que eu estava bonita.”, contou.

Gisele Bündchen foi considerada, há 14 anos, uma das modelos mais pagas do mundo, perdendo apenas para Kendall Jenner.

Gisele Bündchen (Reprodução/Instagram)


(Por Agatha Serachini)

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário