A campanha do mês do Orgulho LGBTQI+ da Calvin Klein contou com Pabllo Vittar, Jari Jones e outros nomes da comunidade

Como junho é o mês do orgulho LGBTQI+, várias marcas fazem campanhas mostrando seu apoio a comunidade. Dessa forma, para a campanha desse mês, além da cantora e drag queen, Pabllo Vittar, a Calvin Klein contou com a participação da modelo, atriz, ativista, transsexual e negra, Jari Jones. Assim, para comemorar Jari postou uma série de fotos em frente a um outdoor da campanha. A sua felicidade mostra a importância da inclusão.



Leia mais: Grifes homenageiam a comunidade LGBTQI+


Foto de Jari Jane para a campanha com a Calvin Klein. (Foto: Reprodução/ Ryan McGinley/ Instagram)


No post em seu Instagram Jones estoura um champanhe em frente a um outdoor localizado em Nova York e comemora com amigos. Dessa forma, na legenda, ela escreveu “Há momentos em que ouvi falar que ajudam você a se curar quando a sociedade tenta derrotá-lo várias vezes. Eu tenho procurado a minha vida inteira por esses momentos e cheguei a cansar de procurar. Então, decidi criá-los. Não para mim, mas para o próximo sonhador, diferente, esquisito, trans, deficiente, gordo, preto, pedaço de luz das estrelas esperando o momento deles brilhar.” Além das fotos, seu fotógrafo postou um vídeo com a modelo comemorando e gritando animada.


Jari Jones estourando champanhe em frente a um outdoor da campanha com a Calvin Klein em Nova York. (Foto: Reprodução/ Instagram)


Esse momento é importante não só para Jones. Também é para todos que ela representa. Assim, uma entrevista a Refinery29, Jones ofereceu conselhos para jovens que estão lutando contra a marginalização de raça e gênero. “Saiba que a heterossexualidade não é a hierarquia, que ser algo diferente do que a sociedade considera ‘regular’ é tão bom quanto, talvez até melhor”.

A campanha

Aliás, além de Pabllo e Jones, a campanha inclui a modelo Fenty, Ama Elsesser , a modelo negra e atriz Jari Jones , a atriz de 13 Reasons Why , Tommy Dorfman , e a cantora de Only A Girl, Gia Woods, entre outras. Além disso, Calvin Klein quer que seu compromisso com a comunidade LGBTQI+ permaneça além do mês do Orgulho. Portanto, a marca prometeu continuar com doações para organizações LGBTQ + ao longo do ano.

Por: Isabella Vasconcelos

(Foto Destaque: Jari Jones. Reprodução/Instagram)

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário