Kanye West reforça sua candidatura nas redes sociais

O rapper Kanye West surpreendeu os internautas ao anunciar que vai concorrer nas eleições presidenciais de 2020 dos Estados Unidos. O anúncio foi feito na noite deste sábado (04), 4 meses antes das eleições de 3 de novembro.



Devemos agora realizar a promessa da América confiando em Deus, unindo nossa visão e construindo nosso futuro. Vou concorrer para presidente dos Estados Unidos #2020VISION“, diz o rapper em post.

Logo após, o tweet repercutiu pela internet e recebeu apoio de alguns famosos, incluindo o bilionário Elon Musk. No entanto, ainda não ficou claro quando o artista entraria nas eleições, ou se ele havia preenchido quaisquer documento oficial para ter seu nome nas urnas.

Leia mais: Disney+ anuncia painéis na versão virtual da San Diego Comic-Con 2020


(Reprodução/Twitter)


Entenda o envolvimento do rapper com política

Decerto, esta não é a primeira vez que o cantor se relaciona publicamente com a política do país. Tendo anunciado sua candidatura primeiramente em 2015, ao ser homenageado no VMAs, West começou a ser um porta voz de suporte ao movimento republicano dos Estados Unidos, destacando-se por ser um apoiador forte de Donald Trump.


Kanye West

Donald Trump e Kanye West na Casa Branca. (Foto: Reprodução/Getty Images)


Não apenas o rapper, como também sua esposa Kim Kardashian é ativa na comunidade política. A socialite se destacou ano passado ao comparecer na Casa Branca para discutir a reforma da justiça criminal dos Estados Unidos.

Conforme a campanha siga normalmente, o artista terá como rivais o próprio Trump (candidato à reeleição) e Joe Biden (democrata e vice-presidente durante a gestão de Barack Obama).

Por: Pedro Barros

(Foto Destaque: Kanye West. Reprodução/Getty Images)

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário