O processo foi obtido pelo site TMZ.

O ator americano Kevin Hart não tem tido um mês fácil. Após se envolver em um forte acidente de carro e realizar uma cirurgia nas costas, Hart agora se vê no centro de uma nova polêmica: Um processo no valor de 60 milhões de dólares, cerca de 245 milhões de reais.



Segundo os documentos obtidos pelo site TMZ, Montia Sabbag alega que o encontro em 2017 que teve com o ator teria sido armado por Hart e o amigo JT Jackson, que depois foi preso por extorsão.

Ela diz que Kevin Hart foi motivado pela necessidade de publicidade na época, com uma turnê de comédia próxima, e por isso teria permitido que Jackson entrasse no quarto do Cosmopolitan Hotel, em Las Vegas, e armasse as câmeras escondidas.

Kevin Hart (Foto: Divulgação)


Kevin Hart

O ator nega que tenha planejado a gravação do encontro e afirma que também foi vítima de tentativas de extorsão de Jackson. JT foi condenado por tentar extorquir o comediante em troca de dinheiro pelo sigilo da sex tape. Ele negou ter extorquido Hart.

Montia Sabbag processa o ator por danos emocionais e invasão de privacidade.


Kevin Hart e Montia Sabbag em 2017 (Foto: TMZ)


Por Felipe Rangel

 

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário