Ela acredita na inocência de Rodney Reed.

O site americano TMZ obteve informação exclusiva de que a socialite Kim Kardashian estaria trabalhando nos bastidores para a soltura do preso Rodney Reed. Reed está no “corredor da morte” do sistema judicial americano, com previsão para ser executado no dia 20 de novembro.



Leia Mais: Kim Kardashian explica como seleciona os detentos para pedir clemência à justiça

Kim teria inclusive se encontrado com Reed na cadeia para discutir o caso. Ela acredita que existem novas testemunhas e evidências para exonerar o acusado. A socialite está providenciando recursos legais para auxiliar a família de Reed em busca de uma ordem de suspensão da execução.


O caso

Reed foi preso após ter sido acusado de estuprar e enforcar até a morte a jovem Stacey Stites de 19 anos. Ele tem mantido sua posição como inocente durante 20 anos e agora um ex-detento afirma saber quem é o verdadeiro assassino.

Arthur Snow apresentou uma declaração ao tribunal afirmando que o próprio noivo de Stites teria matado a jovem por ter sido infiel. Os dois fizeram parte da Irmandade Ariana dentro da cadeia, onde o noivo teria confessado o crime. Ele negou a acusação ao ser procurado.


Rodney Reed no tribunal (Foto: Jana Birchum)


Por Felipe Rangel

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário