Lady Gaga continua fazendo sucesso com a divulgação das suas obras e impressiona com sua história

Lady Gaga é compositora, atriz e produtora musical americana. Neste sábado, 28, completa 34 anos. Considerada um caso raro de artista que conseguiu manter seu sucesso após os 30 anos. Pois, geralmente, na indústria musical, cantores são descartados de premiações e eventos, como Grammy e VMA (Video Music Awards).



Lady Gaga. Foto: Danny Moloshok/Reuters / Divulgação


 

Leia mais: BTS adia turnê no EUA em virtude da crise do Coronavírus

A saber, a artista ganhou um grande destaque no mundo musical após o lançamento do seu álbum intitulado “The Fame”, em 2008. Este, por sua vez, alcançou o primeiro lugar nas paradas musicais. Sucesso em diversos países como  Reino Unido, Canadá, Áustria, Alemanha e Irlanda.

Logo após, o álbum atingiu a posição máxima de dois na Billboard 200 nos Estados Unidos.

Conheça a história de Lady Gaga na indústria POP


Lady Gaga há anos atrás. (Foto: Reprodução Internet/Site Flash)


Em suma, nascida em 28 de março de 1986 na cidade de Nova Iorque, Stefani Germanotta (seu nome verdadeiro) é filha de Joseph Germanotta e Cynthia Germanotta. Ela aprendeu a tocar piano quando tinha somente quatro anos de idade e aos treze fez sua primeira música de balada.

Decerto, aos catorze anos, Stefani já se apresentava musicalmente em casas noturnas. No ensino médio, ela participou de musicais e se destacou com os papéis principais que pegou em  Guys and Dolls e  A Funny Thing Happened on the Way to the Forum.

Apesar deste destaque, a jovem artista se sentia insegura na escola. “Eu costumava ouvir brincadeiras por ser tanto provocativa como excêntrica, então comecei a baixar o tom. Eu não me encaixava, e me sentia como uma estranha”, revelou em uma entrevista.

Veio a oportunidade da música em sua vida

Enfim, aos dezessete anos, ela foi aprovada na Tisch School of Arts para estudar música. Lá ela passou a morar em um dormitório da universidade.

Porém, Stefani abandonou a Tisch para se dedicar à sua carreira musical. “Eu abandonei a minha família inteira, consegui o apartamento mais barato que podia encontrar, e me dei mal até que alguém me ouvisse”, contou. Em seguida ela entrou para o reality show da MTV Boiling Points.

Lady Gaga. Foto: Steve Granitz/WireImage/Getty Images.


Nasce Lady Gaga

Eventualmente a cantora responsável por descobrir o nome “Lady Gaga”, Wendy Starland, revelou em entrevista à MTV norte-americana que as duas dedicaram um tempo para decidir qual seria o nome artístico de Steffani. “Tínhamos que criar algo que tivesse uma aparência e um tipo teatral”, explicou. O nome surgiu devido à uma música de sucesso do Queen, chamada “Radio Gaga”.

Contudo, em 2008 ela mudou-se para Los Angeles para finalizar o seu primeiro álbum. A primeira canção desta obra ser lançada foi “The Famous”. Essa alcançou o topo das paradas em vários países e garantiu a indicação da cantora no Grammy. O segundo single do álbum, “Poker Face” foi ainda mais aclamado e recebeu de Melhor Gravação Dance nos 52° Grammy Awards.

Em seguida, a artista lançou um EP com oito músicas, intitulado “The Fame Monster”. A música “Bad Romance” foi o primeiro single do EP e ficou no topo das paradas de dezoito países. Entre abril e maio de 2010, o clipe da música foi o mais visto no YouTube, somando 180 milhões de visualizações. O clipe do segundo single “Telephone” é até hoje um dos mais aclamados pela indústria e conta com a parceria da cantora Beyoncé.

O sucesso só aumenta

Ensaio de Lady Gaga. Foto: Ensaio para o álbum Born This Way


Todavia, no dia 23 de maio de 2011, lançou seu segundo álbum, o “Born This Way”, reunindo gêneros como ópera, o heavy metal, o disco e rock and roll. Já na primeira semana de lançamento, o álbum vendeu mais de um milhão e 108 mil cópias nos estados Unidos.

Antes disso, esse sucesso, a cantora já havia divulgado singles “Born This Way”, “Judas” e “The Edge of Glory”. Em setembro de 2011, a cantora revelou que estava trabalhando no terceiro álbum, o Art POP. Este teve seu lançamento no dia 11 de novembro de 2013. Até julho de 2014 já tinha vendido 2.5 milhões de cópias. Alguns sucessos dessa era foram  “Applause” e “Do What U Want”.

Por fim, seu quarto álbum recebeu o nome de “Cheek to Cheek” que foi gravado com Tony Bennett. A obra vendeu 131 mil cópias na primeira semana nos Estados Unidos e levou a artista ao topo das paradas duas vezes em menos de um ano (a primeira vez seno com o Art POP).

A saber, o quinto álbum, Joanne, foi lançado em 21 de outubro de 2016. Para promovê-lo, a artista saiu em uma turnê chamada Dive Bar Tour. Durante o Coachella, ela lançou o single “The Cure” que chegou à 39ª posição da Billboard Hot 100.

Último Lançamento

Imagem do clipe de Stupid Love


Atualmente em 28 de fevereiro deste ano, a “rainha do pop” voltou com seu estilo mais POP em uma videoclipe postado no YouTube. A produção agradou os fãs da cantora, que já esperam o lançamento do novo álbum.

Portanto, a artista fez uma contagem para o lançamento do videoclipe e escreveu no twitter “meu novo single e videoclipe chega em 45 minutos. Eu nem ligo, só estarei ali em um canto respirando em um saco de papel”.

Por: Adelmo Júnior

Foto destaque: Revista Exame

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário