Trecho final do episódio traz referência ao lanterna verde original

A mais nova produção do DC Universe inspirada na Era de Ouro das HQs, Stargirl, tem conquistado público e crítica. Isso ocorre tanto em sua transmissão original no serviço de streaming da editora, quanto no canal aberto CW. E agora a série pode trazer uma versão do lanterna verde.



Embora já tenha anunciado as encarnações dos legados de Dr. Meia-Noite, Homem-Hora e Pantera, a série da Stargirl pode estar prestes a trazer dois novos heróis vindos da Era de Ouro das HQs, para as telas da TV.

Leia Mais: Maratona de Will Smith no canal Space

Isso por que na cena final do terceiro episódio da produção, intitulado “Icicle”, Courtney (Brec Bassinger), passa na antiga base da Sociedade da Justiça. Uma vez lá, a garoto começa a recolher os pertences dos antigos membros.

Mas, entre os objetos recolhidos, a garota, que começou sua carreira como Stargirl há pouco tempo, pega a lanterna de energia do Allan Scott, o Lanterna Verde original. Além da caneta de Johnny Trovoada, habitada pelo gênio Relâmpago.

As referências às origens da DC Comics e à época mais inocente dos quadrinhos de heróis, traz um ar diferente e leva ao público.

Confira a cena:

 



Enquanto Trovoada foi eventualmente substituído por Jakeem Thunder, Alan Scott deu origem a diversas gerações de Lanternas Verdes. Entre os personagens que usam o título recentemente, estão Simon Baz e Jessica Cruz, ambos membros da Liga da Justiça, e Keli Quintela, membro da Justiça Jovem.

Nostálgica e inovadora

A trama de Stargirl é ambientada no colegial trazendo à tona o clima adolescente que encantava nas primeiras temporadas de Smallville. E mostra a jovem estudante se juntando à Sociedade da Justiça da América para combater o crime.

Seguindo o exemplo de outras produções originais da plataforma, a série começa em ritmo acelerado, com uma bela cena de ação que impressiona pela qualidade dos efeitos visuais. Algo que é acima do visto em outras séries do gênero, segundo especialistas.

Além disso, a abertura traz a batalha entre a SJA e Liga da Injustiça, formada por vilões como Onda Mental (Christopher James Baker), Geada (Neil Jackson) e Solomon Grundy.


Imagem da série Stargirl. Com Brec Bassinger no papel principal (Foto: Reprodução/ CW/ estação Nerd)


Assim como foi apresentado nos trailers da obra, os antagonistas eliminam os heróis, deixando apenas Pat/F.A.I.X.A. (Luke Wilson) escapar com o já quase morto, Starman (Joel McHale). Starman diz que o legado da Sociedade da Justiça deve seguir vivo.

Como resultado, 10 anos após isso o destino junta Pat a Courtney Whitmore (Bessinger), sua nova enteada tem uma conexão inexplicável com o Bastão Cósmico. A arma que apenas Starman podia utilizar. Isso da início a trama que vai se desenrolando entre os dramas pessoas da protagonista.

Mas, diferentemente do clichê adolescente apresentado nos trailers e sinopses lançados antes da estreia. Stargirl traz para as telas uma versão divertida de uma das propriedades mais importantes da história das HQs. Mantendo-se fiel ao estilo multicolorido da Era de Ouro. Assim como Brec Bassinger no papel principal, a série conta com ainda com Luke Wilson, Amy Smart, Anjelika Washington, Yvette Monreal e Cameron Gellman no elenco.

A sociedade da justiça

Ícone da Era de Ouro dos Quadrinhos (1938-1956), a Sociedade da Justiça da América (Justice Society of America) é símbolo de uma das épocas mais coloridas, divertidas e diversas da história da indústria. Além disso, foram o primeiro grupo de super-heróis a aparecer historicamente nas HQs.


Arte da equipe SDJ. (Foto: Divulgação/ DC comics/ Cômico Vini)


Criada pelo editor Sheldon Mayer e o escritor Gardner Fox, a SJA, como também é conhecida, teve sua primeira aparição em All-Star Comics #3 de 1940. Em suma, o grupo incluía as versões originais do Lanterna Verde original, Joel Ciclone (Flash), o Homem-Hora, Sr. Destino, o Sandman, o Gavião Negro, Átomo e Espectro.

Como resultado de sua tragetoria, suas influências podem ser sentidas em equipes que vão da Liga da Justiça. Após breve aparição em um especial de Smallville em 2010, o grupo finalmente ganha os holofotes para si em Stargirl.

Por Jonathan Rosa

(Foto Destaque: poster de divulgação de Stargirl. Reprodução/CW/oficialhostgeek

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário