Fãs e o ator Ray Fisher falam sobre atitudes abusivas no set de filmagem

Certamente Joss Whedon não foi uma boa escolha para substituir Zack Snyder no filme da Liga da Justiça em 2017. Sobretudo por conta de diversas críticas ao filme, e, agora por polêmicas relacionadas ao comportamento do diretor de “Vingadores”.



Nesta quarta-feira (1), Ray Fisher publicou em sua conta do Twitter sobre as atitudes de Whedon serem abusivas e antiprofissionais. Além de adicionar novos elementos à crítica: Geoff Johns, presidente da DC Entertainment e Jon Berg, produtor do longa, alegando apoio de ambos ao diretor.


(Foto: Reprodução/Twitter)


Embora as críticas estejam presentes, não é tão clara a verdadeira raiz delas. Contudo, os fãs apostam que devido a diminuição do papel de Ciborg no filme de 2017, isso teria correlação com os atritos entre Whedon e Fisher.

Leia mais: Henry Cavill comenta SnyderCut em nova versão de “Liga da Justiça”

Para piorar ainda mais a situação, Fisher ainda retirou publicamente os elogios feitos ao diretor na San Diego Comic-Con no ano de estreia do longa. “Gostaria de tirar um momento para retratar com força cada parte dessa declaração”, diz o ator.


(Foto: Reprodução/Twitter)


Gal Gadot x Joss Whedon

Após as publicações de Fisher, muitas contas do Twitter começaram a comentar supostos abusos contra Gal Gadot (Mulher-Maravilha). Decerto um desses abusos seria numa cena com Flash (Ezra Miller) em que o personagem caía sobre os seios da Mulher-Maravilha. Portanto, um incidente desnecessário.


(Foto: Reprodução/Twitter)


Inclusive, outros apontam que o Whedon teria gritado com Gadot por ela ser recusar a gravar a cena. No entanto, a atriz não se pronunciou sobre as polêmicas envolvendo seu nome.


joss whedon

Joss Whedon se envolve em polêmicas com atores de Liga da Justiça. (Foto: Reprodução/Chris Pizzello/Invision/AP/Uol)


Em contrapartida, Jon Berg, em entrevista à Variety, conta que era categoricamente falso a permissão de qualquer comportamento não profissional.

Apenas para lembrar que Joss Whedon foi o escolhido na substituição de Snyder devido ao suicídio da filha do diretor durante o projeto do longa. Após esses anos, Zack Snyder voltará a dirigir uma nova versão de “Liga da Justiça” que será lançada pela HBO Max em 2021 e tem total apoio do elenco.

Por: Saiane Castro

(Foto Destaque: Gal Gadot e Ray Fisher. Reprodução/Warner/Cromossomonerd)

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário