Lista da Lorena dessa semana se espelha nos trabalhos de Zack Snyder

A Lista da Lorena não podia deixar passar em branco toda a discussão a respeito do SnyderCut. O movimento ganhou voz nas últimas semanas quando os próprios atores começaram a levantar a hashtag em seus perfis nas Redes Sociais.



Zack Snyder nasceu em 1996 em Green Bay, Wisconsin, Snyder é reconhecido pelos trabalhos baseados em HQs. Ele ganha espaço quando começa, em 2009, a trabalhar com as HQs dos super-heróis. Sua estreia nesse universo do cinema deu-se com o lançamento seu terror Madrugada dos Mortos em 2004.

Então, em que consiste a lista dessa semana? Não se trata de trazer o melhor de Snyder, mas, trata-se de apresentar a essência do SnyderCut que o cinema já viu. A lista segue ordem de lançamento. Confira:

Leia mais: Lista da Lorena e os filmes clássicos que nunca esquecemos – parte II

1. 300 (2007) abre a Lista da Lorena dessa semana

Abrindo a Lista da Lorena: “300” de 2007. (Foto: Reprodução/Warner Bros)


Não obstante, é impossível não abrir essa lista apresentando esse clássico. O longa foi de grande sucesso tanto de público, quanto de crítica. Depois de Snyder dar as caras no universo pop cinematográfico com seu trabalho de 2004, lançar 300 tornou-se algo possível. 300 é uma HQ de 1988 produzida por  Frank Miller e Lynn Varley. A HQ reconta, de maneira fictícia, a batalha dos espartanos em 480 a.C. Esse episódio ficou conhecido como a Segunda Guerra Médica que durou três dias.

Por fim, Miller viu em Snyder a possibilidade de levar para as telonas essa história. O filme marca, por assim dizer, o auge da carreira de Zack Snyder. Não nos esqueçamos da grande atuação de Rodrigo Santoro muito lisonjeada, por sinal.

 

2. Watchmen (2009)

Watchmen. (Foto: Reprodução/Paramount Pictures)


Todavia, não é nem no gênero de terror e nem na luta medieval que mora o talento de Snyder. Seu reconhecimento ganhou corpo mesmo, foi com suas grandes adaptações de HQ’s de super-heróis. Assim, em 2009 veio para as telonas o grande Watchmen. Escrita por Alan Moore ganhou sua adaptação snyderiana em 2009. Produzida pela DC Comics em 1986, a história de um super-herói que enfrenta problemas éticos e psicológicos revoluciona o universo das HQs.

Conforme a sinopse oficial, em 1977 foi aprovada pelo congresso norte-americano a Lei Keene, que proibia as atividades de mascarados no combate ao crime. Isto fez com que vários super-heróis deixassem a carreira, como o Coruja (Patrick Wilson) e Espectral (Malin Akerman). Outros, como o Comediante (Jeffrey Dean Morgan) e o Dr. Manhattan (Billy Crudup), passaram a trabalhar para o governo.

Contudo, dois anos antes da implementação desta lei Adrian Veidt (Matthew Goode) decidiu revelar sua identidade como Ozymandias, dedicando-se a partir de então na construção de um império econômico. Em 1985, o mundo vive o clima da Guerra Fria, no qual um ataque nuclear pode acontecer a qualquer momento, vindo dos Estados Unidos ou da União Soviética.

Enfim, neste clima de tensão política Edward Blake, o Comediante, é assassinado. Em seu funeral comparecem, em momentos diversos, seus antigos companheiros. Entre eles está Rorschach (Jackie Earle Haley), que acredita que sua morte seja o indício da existência de um assassino de mascarados.

 

3. Sucker Punch – Mundo Surreal (2011)

Sucker Punch – Mundo Surreal. (Foto: Reprodução/Warner Bros)


Então, prepare-se para mergulhar, sem receios, ao que, de fato é o universo Snyder. Sucker Punch é onde Zack coloca todo o seu jeito, sem reservas, de gravar, produzir, filmar e criar. O longa apresenta com riqueza de detalhes o que é o cinema snyderiano.

Confuso? Sim! E muito! Sem sentido? Não! Mas é emblemático. Deveras, emblemático. Mas, Snyder tem que lidar com uma personagem “aprisionada na própria mente”. Ambientes como manicômios, abusos de poder, machismo, violência sexual estão todos entrelaçados nesse “mundo surreal”.

Conforme sinopse: Babydoll (Emily Browning) foi internada em um sanatório pelo padrasto inescrupuloso, que encomenda uma cirurgia para destruir o cérebro dela. Mas a jovem descobre que seu refúgio pode estar dentro de sua mente e só assim ela poderá se libertar para sempre. Agora, vivendo esse mundo paralelo, ela enfrenta dragões, samurais, robôs e nazistas sobrenaturais, que a farão viver uma perigosa e fantástica aventura na companhia das colegas de internação Blondie (Vanessa Hudgens), Rocket (Jena Malone), Amber (Jamie Chung) e Sweet Pea (Abbie Cornish). Seria essa então a sua única chance de libertação?

Mas, a pergunta verdadeira que fica é: libertação do que? De quem? E, libertação para onde?

 

4. O Homem de Aço (2013)

O Homem de Aço. (Foto: Reprodução/DC Universe/Warner Bros)


A fim de iniciar o Universo Estendido da DC, Zack Snyder assume a grande empreitada de construí-lo. Apresentar toda a Liga da Justiça nas telonas é um projeto audacioso e que aguçou por completo a coragem snyderiana. Em 2013, o mundo conhecer o novo Superman: Clark Kent na pele do grandioso Henry Cavill.

Sem dúvidas, o ator recebeu total aprovação do público. Cavill foi “feito sob medida” para viver o Homem de Aço. Com 300, hoje sendo considerado um clássico de respeito, o primeiro longa desse DC Universe torna-se o mais lisonjeado trabalho do diretor. Estava dada a largada para dar vida e cronologia à grande Saga da Justiça.

 

5. Batman vs Superman: a Origem da Justiça (2016)

Batman vs Superman: a Origem da Justiça. (Foto: Reprodução/DC Universe/Warner Bros)


Portanto, para finalizar, essa Lista da Lorena, não teria como deixar de fora o motivo pelo qual o “mundo caiu” para Snyder. A Saga da Justiça teve que dar, digamos, uma pausa. Mesmo tendo acertado nos atores: Cavill como o Homem de Aço, Ben Affleck vivendo o Homem Morcego e a maravilhosa Gal Gadot como a Mulher Maravilha, parece que a Liga da Justiça não teve um bom começo.

Enfim, o SnyderCut não agradou muito o público. Ainda estamos acostumados a ver nossos heróis com cores mais esperançosas, alegres e cheias de brilho. O universo de Snyder é muito marcado pela escuridão, ambientes hostis, sombrios e com a paleta de cores bastante reduzida. No entanto, se você assistir essa lista, você terá na completude, entendido o que é, de fato o SnyderCut com toda a sua essência.

 

A Lista da Lorena tem o propósito de também nos instruir

Certamente, a lista da semana não tenha um propósito semelhante ao que vimos até aqui. No entanto, também estamos de olhos abertos às grandes notícias do momento. Zack Snyder ocupou o topo da lista entre os assuntos mais comentados da semana. Ademais, é oportuno conhecer seu trabalho. Se ele é bom ou não, a reflexão e opinião é pessoal e fica por sua conta.

Enfim, que a Lista da Lorena continue levando a alegria até você e também continue sendo uma porta aberta ao entretenimento, à diversão e ao conhecimento.

Por: Dione Afonso

Imagem em destaque: Sucker Punch – Mundo Surreal, longa de Snyder de 2011. (Reprodução/Warner Bros)

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário