Ludmilla lançou o clipe de “Cobra Venenosa”, a qual gerou grandes polêmicas e especulações

Nesta sexta-feira (3), Ludmilla estreou o clipe “Cobra Venenosa”, mas desde a primeira vez que o público ouviu já ocorreu uma grande repercussão. Anteriormente, o trecho da música foi publicado em um “dossiê” sobre a experiência de Lud com Anitta. Como consequência, os fãs associaram o hit com a briga das duas.



Durante uma entrevista com Hugo Gloss, a cantora comentou que a canção havia sido escrita há três anos, antes de qualquer desentendimento. Além disso, revelou que Anitta ouviu a faixa. “‘Cobra Venenosa’ é uma composição minha. Escrevi há três anos, quando eu e Anitta nos falávamos, ela me pediu para ver as músicas que eu tinha de funk 150 BPM. Uma das que mandei foi justamente ‘Cobra Venenosa'”, contou.

Leia mais: Ludmilla mostra uma cobra em clipe musical


Ludmilla e Anitta

Ludmilla e Anitta. (Foto: Reprodução/Istoé Independente)


Posteriormente, com o intuito de enfatizar que a outra cantora não tinha vínculo nenhum com a letra, disse: “Eu já planejava”. Inicialmente, logo depois de anunciar a estreia, as reações com relação a música tem sido muito diferentes.  Parte das críticas se dá devido a composição que alimenta a rivalidade feminina, entretanto, a compositora  pensa de outra forma.

“Eu já li sobre isso também. Mas a música avança muito. Não acho que seja essa a mensagem e o clipe vai mostrar isso com muito mais clareza, tenho certeza. Acredito que a letra aborde que não é porque duas mulheres não se dão bem que elas são automaticamente rivais”, ressaltou. Sob o mesmo ponto de vista, comparou se fossem dois homens na ocasião, as pessoas iriam pensar diferente.

A funkeira contou que o clipe foi gravado em um único dia e que vai surpreender todo mundo.  “O clipe mostra uma outra coisa, uma interpretação mais ampla e bem mais interessante do que é a cobra venenosa e de como a gente lida com esse veneno”, revelou.

Por: Rafaella Ranulfo

(Foto Destaque: Ludmilla. Reprodução/Instagram)

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário