Coadjuvantes da aromaterapia, os óleos vegetais também podem ser protagonistas na sua rotina de skincare

O óleo vegetal (OV) nutre e garante mais resistência à cútis, tanto do rosto como do corpo, pois contém vitaminas e antioxidantes. Dessa forma, existem vários tipos de óleos para serem experimentados e utilizados por você da melhor forma, de acordo com o seu tipo de pele. Além disso, eles podem ser combinados em diversas receitas caseiras, entre elas: tônicos, hidratantes e séruns. Conheça as funções dos principais óleos vegetais.



Leia mais: Óleos essenciais: um guia rápido de como usar na pele

Sete óleos vegetais para a pele

1. Semente de uva

O óleo vegetal de semente de uva ajuda a regenerar peles danificadas e irritadas. (Foto: Reprodução/ Pinterest)


Por ter um alto teor de vitamina E, o óleo vegetal de semente de uva é um ótimo antioxidante de rápida absorção que auxilia na manutenção e regeneração da pele. Além disso, esse “cosmético” ainda contém ácido linoleico, poderoso anti-inflamatório que ajuda na cicatrização de feridas. Esse óleo é muito indicado para tratar estrias!

2. Jojoba

Feito a partir de sementes de jojoba, é indicado para todos os tipos de pele. Ademais, por ser conhecido pela ótima absorção por parte na nossa pele, ele é o queridinho da pele oleosa. Cheio de ácidos graxos e vitamina E, ele ajuda a equilibrar a produção de sebo.

3. Gergelim

A marca Phytoterápica é uma das lojas que comercializa óleos vegetais e essenciais. (Foto: Reprodução/Pinterest)


Já o óleo de gergelim é extremamente nutritivo e, por isso, muito útil em massagens corporais e em tratamentos terapêuticos. Além disso, ele possui vitaminas A, B, C e E e alto teor de ácidos graxos insaturados, como os ácidos oleico e linoleico e polares omega 9 e 6. Essas propriedades o tornam um poderoso antioxidante para todos os tipos de pele!

4. Amêndoas

Diferentemente dos outros óleos vegetais, ele ainda é rico nas vitaminas E e B, ácidos graxos, proteínas e minerais. Por isso, não é por acaso que a indústria cosmética ama esse óleo. Ademais, ele é um excelente emoliente, ou seja, ele proporciona maciez à cútis, além de melhorar a sua flexibilidade, elasticidade e combater irritações em peles sensíveis.

Leia mais: 7 cuidados com a pele para o dia a dia

5. Rosa Mosqueta

Este óleo é conhecido por amenizar manchas solares, rugas e linhas de expressão. Ele possui vitaminas A e C concentrados. Contudo, apesar de ser um OV leve, ele não é muito recomendado para peles com tendência a acne.

  • Dica para peles oleosas e acneicas: misturar, em porções iguais, o OV de rosa mosqueta ao de jojoba ou semente de uva.

6. Girassol

Em penúltimo lugar, o óleo vegetal de girassol é antioxidante, suavizando peles que possuem tendência a vermelhidão e irritação. Além disso, quase não contém aroma. Então, essa é a opção para quem quer um produto leve e com um cheiro discreto.

Leia mais: Cinco dicas de ouro para cuidar da pele oleosa

7. Coco

O óleo de coco pode ser usado tanto na pele como nos cabelos. (Foto: Reprodução/Pinterest)


Útil em diversos setores, o óleo de coco é extremamente rico em vitamina E e ácidos graxos. Ele também é antimicrobiano, anti-inflamatório e antioxidante. Deste modo, ele é eficaz no tratamento de dermatites. Por outro lado, ele não é muito indicado para peles acneicas, visto que ele é mais pesado e pode entupir seus poros ainda mais.

Por: Ana Luísa Araújo

Imagem destacada: Frasco com óleo vegetal. (Reprodução/Freepik)

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário