Saiba o que fazer quando o  teste confirmar que você está infectado com o coronavírus

Se o resultado do teste para detectar a Covid-19 em seu organismo der positivo, é preciso realizar alguns dos tipos de testes e seguir algumas orientações.



De acordo com protocolo médico, o paciente infectado deve ficar em isolamento domiciliar ou internado em um hospital, dependendo do seu estado.

Leia mais: UFMG inicia pesquisa que visa combater o coronavírus a partir da vacina BCG


Exemplo do teste SWAB que pode ser realizado em pacientes com teste positivo. (Foto: Reprodução/ Agência Saúde)


O período de isolamento social do infectado dura cerca de 14 dias e deve seguir alguns cuidados como não compartilhar objetos pessoais e separação do paciente em um só cômodo da casa.

Anteriormente, ao surtar os sintomas do coronavírus, é necessário comparecer à uma Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua casa para ser avaliado.

Ademais, é preciso alertar que somente os pacientes com sintomas graves devem procurar atendimento em hospital.

O motivo é para não contaminar outros pacientes que procuram se consultar com outros sintomas diferentes.

Primeiramente, o teste para confirmação deve ser feito e existem alguns tipos de teste que comprovam a doença.

Tipos de Testes para comprovar a Covid-19

Atualmente, existem 3 tipos de testes disponíveis mais solicitados : O RT-PCR, os Testes Rápidos e a Sorologia.

O RT-PCR é mais conhecido como SWAB, que é feito de forma oral e nasal.

No paciente que é submetido ao exame nasal, introduz-se uma grande haste de algodão no nariz para coletar a mucosa.

Outro exemplo de teste é o sanguíneo. No mercado, existem 2 tipos: o antígeno (que detecta proteínas na fase de atividade da infeção) e o de anticorpos (que identifica uma resposta imunológica do corpo com o vírus).

Sendo um teste rápido, aparenta-se com testes de farmácia para gravidez, mas no caso, é usado uma lâmina de nitrocelulose e, em seguida, apresenta o resultado.

Por fim, a Sorologia é um estudo que testa a resposta imunológica do corpo relacionado ao vírus.

O estudo é realizado a partir de uma amostra de sangue para detectar os anticorpos IgA, IgM e IgG em pessoas expostas ao SARS-CoV-2.

Por: Thuane Dantas

(Foto Destaque: Teste rápido feito por um dispositivo que detecta pela coleta sanguínea. Reprodução/Agência Saúde)

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário