A 76ª edição da premiação aconteceu no último domingo (6).

A gente adora um prêmio, não é? Ainda mais quando é com nossas celebridades favoritas!



No último domingo (8), rolou a 76ª edição do ‘Globo de Ouro’, organizada pela Associação da Imprensa Estrangeira em Hollywood e prestigiada por todos do mundo inteiro. A premiação aconteceu em Beverly Hilton, Los Angels. As anfitriões na noite foram nada mais e nada menos que,  Andy Samberg e Sandra Oh e vamos combinar:  arrasaram!

Andy Samberg e Sandra Oh (Divulgação)


Mas, se você perdeu de assistir esse momento magnífico, não se preocupe! Preparamos um resumão especialmente para você! Para começar, já na abertura Sandra Oh explicou porque aceitou ser a anfitriã da noite.  “Eu disse sim para o medo de estar neste palco hoje porque eu queria estar aqui e olhar para essa audiência, e testemunhar esse momento de mudanças. Eu não estou me enganando. No próximo ano pode ser diferente, e provavelmente vai ser. Mas agora, esse momento é real”, declarou.

Isso porque é uma vitória os grupos marginalizados se tornarem protagonistas, como “Podres de Ricos” e “Pantera Negra”. Houve também uma piadinha de leve com o fato de que algumas tramas usaram atores brancos para interpretar personagens de outras etnias, como Emma Stone que até gritou ‘Me Desculpa’. Bom humor é tudo, não é?

Leia mais: Emma Stone fala sobre crises de pânico

E por falar em filme vitorioso, “Pantera Negra” emocionou todos nós! O elenco se reuniu no palco para apresentar o filme, Chadwick Boseman, Danai Gurira, Lupita Nyong’o e Michael B. Jordan discursaram e terminaram com o clássico: Wakanda para sempre! Claro, fizeram o símbolo com os braços e receberam os mais calorosos aplausos.

Chadwick Boseman, Danai Gurira, Lupita Nyong’o e Michael B. Jordan (Divulgação)


Outro momento que chamou muita atenção foi quando  Sandra e Andy brincaram com a frase de Lady Gaga: “Podem haver 100 pessoas em uma sala e 99 não acreditam em você, mas você só precise que uma pessoa acredite… e essa pessoa é Bradley Cooper”. Lindos! Eles protagonizaram a trama emocionante ‘Nasce Uma Estrela”. Na plateia, Lady Gaga concordou e abraçou Bradley. Fofos!

E teve momentos engraçados e até embaraçosos!  As estrelas de “A Favorita”, Emma Stone, Rachel Weizs e Olivia Colman, subiram no palco e acabaram por se atrapalhara na apresentação, mas levaram na brincadeira. Será que foi todos os drinks? Os anfitriões também não passaram longe e confessaram que queriam distribuir pizza pro pessoal, mas a premiação já servia comida, então apelaram para a criatividade e falaram de oferecer vacinas de gripe pelo auditório! O que vale é a intenção, não é?

Sabe quem apresentou a categoria de Melhor Trilha-Sonora e Melhor Canção Original ao lado de Idris Elba? Sim! Taylor Swift nos pegou de surpresa! Ela despistou todo mundo no tapete vermelho e apareceu no palco com um vestido tomara-que-caia preto. Eles anunciaram os prêmios para ‘First Man’ por trilha sonora e depois marcou a história ao entregar o Globo de Ouro para Lady Gaga pela canção “Shallow”.

Saiba mais: Reputation Tour de Taylor Swift já está disponível na Netflix

Lady Gaga faz a pose do filme em que mostra o seu nariz (Divulgação)


Um dos discursos mais amados foi quando Patricia Clarkson ganhou a categoria de Melhor Atriz Coadjuvante em Série, Minissérie ou Telefilme por “Sharp Objects”, ela disse que os responsáveis pela produção pediram tudo dela e da forma correta! Já Christian Bale ganhou o Globo de Ouro de Melhor Ator em Filme de Comédia, e fez todo público rir ao agradecer à Satã pela inspiração para interpretar a personagem político, Dick Cheney! Mas tudo não se passa de uma brincadeira, viu?

O filme ”Roma” foi o destaque da noite por ganhar duas estatuetas, a mais importante foi de Melhor Diretor para Alfonso Cuarón. Mas quem roubou mesmo os holofotes foi a obra  “Green Book”, que levou a melhor nas categorias de: Melhor Roteiro, Melhor Ator Coadjuvante de Cinema e Melhor Comédia. O filme fala sobre a segregação racial nos EUA, importante ter essa consciência!

Equipe e elenco de ‘Green Book’ (Divulgação)


É palavrão que você quer? Sem problemas! Olivia Colman agradeceu toda a sua equipe de “A Favorita” e não deixou de fora as suas “vadias”: Emma Stone e Rachel Weizs. A atriz fez do seu discurso uma brecha de descontração na premiação de gala e disse que adoraria falar o quanto o filme significava tudo isso para ela, mas tinha esquecido! A diva brincou que amou filmar já que andava de jatinho privado e podia comer bastante. A gente quer esse emprego também né!

Por último e essencial, o nosso muso que conquistou as telas do cinema por interpretar o eterno rei Freddie Mercury, Rami Malek ganhou a estatueta de Melhor Ator de Filme de Drama por “Bohemian Rhapsody”, a trama que conta a história da banda Queen. O ator ficou emocionado e agradeceu a sua inspiração, o vocalista da banda e demais integrantes. A longa também ganhou a estatueta de Melhor Filme de Drama.

Jim Beach, Roger Taylor, Brian May, Rami Malek e Graham King (Divulgação)


Confira em negrito todos os vencedores do Globo de Ouro 2019:

Melhor filme – Drama

  • “Infiltrado na Klan”
  • “Pantera Negra”
  • “Bohemian Rhapsody”
  • “Se a Rua Beale Falasse”
  • “Nasce uma estrela”

Melhor ator de filme – Drama

  • Bradley Cooper, “Nasce uma estrela”
  • Willem Dafoe, “At Eternity’s Gate”
  • Lucas Hedges, “Boy Erased”
  • Rami Malek, “Bohemian Rhapsody”
  • John David Washington, “Infiltrado na Klan”

Melhor atriz de filme – Drama

  • Glenn Close, “The Wife”
  • Lady Gaga, “Nasce uma estrela”
  • Nicole Kidman, “Destroyer”
  • Melissa McCarthy, “Poderia Me Perdoar?”
  • Rosamund Pike, “A Private War”

Melhor Filme – Musical ou Comédia

  • “Podres de ricos”
  • “A Favorita”
  • “Green Book: O Guia”
  • “O Retorno de Mary Poppins”
  • “Vice”

Melhor atriz em filme – Musical ou Comédia

  • Emily Blunt, “O Retorno de Mary Poppins”
  • Olivia Colman, “A favorita”
  • Elsie Fisher, “Oitava Série”
  • Charlize Theron, “Tully”
  • Constance Wu, “Podres de Ricos”

Melhor série limitada ou filme para TV

  • “The Alienist”
  • “The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story”
  • “Escape at Dannemora”
  • “Sharp Objects”
  • “A Very English Scandal”

Melhor série – Musical ou Comédia

  • “Barry”
  • “Kidding”
  • “The Good Place”
  • “O Método Kominsky”
  • “The Marvelous Mrs. Maisel”

Melhor atriz em série – Musical ou Comédia

  • Kristen Bell, “The Good Place”
  • Candice Bergen, “Murphy Brown”
  • Alison Brie, “Glow”
  • Rachel Brosnahan, “The Marvelous Mrs. Maisel”
  • Debra Messing, “Will & Grace”

Melhor diretor de filmes

  • Bradley Cooper, “Nasce uma estrela”
  • Alfonso Cuarón, “Roma”
  • Peter Farrelly, “Green Book: O Guia”
  • Spike Lee, “Infiltrado na Klan”
  • Adam McKay, “Vice”

Melhor ator em série limitada ou filme para TV

  • Antonio Banderas, “Genius: Picasso”
  • Daniel Bruhl, “The Alienist”
  • Darren Criss, “The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story”
  • Benedict Cumberbatch, “Patrick Melrose”
  • Hugh Grant, “A Very English Scandal”

Melhor filme em língua estrangeira

  • “Capernaum” (Líbano)
  • “Girl” (Bélgica)
  • “Never Look Away” (Alemanha)
  • “Roma” (México)
  • “Shoplifters” (Japão)

Melhor ator em filme – Musical ou Comédia

  • Christian Bale, “Vice”
  • Lin-Manuel Miranda, “O Retorno de Mary Poppins”
  • Viggo Mortensen, “Green Book: O Guia”
  • Robert Redford, “The Old Man and the Gun”
  • John C. Reilly, “Stan & Ollie”

Melhor atriz coadjuvante em série, série limitada ou filme para TV

  • Alex Borstein, “The Marvelous Mrs.Maisel”
  • Patricia Clarkson, “Sharp Objects”
  • Penélope Cruz, “The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story”
  • Thandie Newton, “Westworld”
  • Yvonne Strahovski, “O conto da Aia”

Melhor roteiro para filme

  • Barry Jenkins (“If Beale Street Could Talk”)
  • Adam McKay (“Vice”)
  • Alfonso Cuarón (“Roma”)
  • Deborah Davis and Tony McNamara (“A favorita”)
  • Peter Farrelly, Nick Vallelonga, Brian Currie (“Green Book: O Guia”)

Melhor ator coadjuvante em filmes

  • Mahershala Ali, “Green Book: O Guia”
  • Timothée Chalamet, “Beautiful Boy”
  • Adam Driver, “Infiltrado na Klan”
  • Richard E. Grant, “Poderia Me Perdoar?”
  • Sam Rockwell, “Vice”

Melhor atriz em série – Drama

  • Caitriona Balfe, “Outlander”
  • Elisabeth Moss, “O conto da Aia”
  • Sandra Oh, “Killing Eve”
  • Julia Roberts, “Homecoming”
  • Keri Russell, “The Americans”

Melhor atriz coadjuvante em filmes

  • Amy Adams, “Vice”
  • Claire Foy, “O primeiro homem”
  • Regina King, “Se a Rua Beale Falasse”
  • Emma Stone, “A Favorita”
  • Rachel Weisz, “A Favorita”

Melhor música para filmes

  • “All the Stars”, “Pantera Negra”
  • “Revelation”, “Boy Erased”
  • “Girl in the Movies”, “Dumplin”
  • “Shallow”, “Nasce uma estrela”
  • “Requiem for a Private War”, “A Private War”

Melhor trilha original para filmes

  • Marco Beltrami, “Um lugar silencioso”
  • Alexandre Desplat, “Ilha de cachorros”
  • Ludwig Göransson, “Pantera Negra”
  • Justin Hurwitz, “O primeiro homem”
  • Marc Shaiman, “O retorno de Mary Poppins”

Melhor atriz em série limitada ou filme para TV

  • Amy Adams, “Sharp Objects”
  • Patricia Arquette, “Escape at Dannemora”
  • Connie Britton, “Dirty John”
  • Laura Dern, “The Tale”
  • Regina King, “Seven Seconds”

Melhor ator em série – Musical ou Comédia

  • Sacha Baron Cohen, “Who is America?”
  • Michael Douglas, “O Método Kominsky”
  • Donald Glover, “Atlanta”
  • Bill Hader, “Barry”
  • Jim Carrey, “Kidding”

Melhor animação

  • “Os Incríveis 2”
  • “Ilha dos Cachorros”
  • “Mirai”
  • “WiFi Ralph: Quebrando a Internet”
  • “Homem-Aranha no Aranhaverso”

Melhor ator em série – Drama

  • Jason Bateman, “Ozark”
  • Stephan James, “Homecoming”
  • Billy Porter, “Pose”
  • Richard Madden, “Bodyguard”
  • Matthew Rhys, “The Americans”

Melhor ator coadjuvante em série, série limitada ou filme para TV

  • Alan Arkin, “O Método Kominsky”
  • Kieran Culkin, “Succession”
  • Edgar Ramírez, “The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story”
  • Ben Whishaw, “A Very English Scandal”
  • Henry Winkler, “Barry”

Melhor série – Drama

  • “The Americans”
  • “Bodyguard”
  • “Homecoming”
  • “Killing Eve”
  • “Pose”

Gostaram?


(Por Gabriela Bulhões)

Related Article

No Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário