Ela usou seu Instagram para falar sobre ser filha de uma mãe negra

A cantora Perlla usou seu Instagram para se posicionar contra o racismo por meio de uma foto postada em seus stories, em que aparece com a mãe e o irmão.



Leia mais: Rafael Ilha e Perlla perdem prova e formam a roça


Stories da cantora. (Foto: Reprodução/Revistaquem)


Então, junto à imagem Perlla escreveu um texto de reflexão:

Não, ele não é um marginal. Não, ela não é a minha babá. Esses são a minha mãe e o meu irmão. Tenho orgulho de ter eles em minha vida, e eu me borrava de barro, porque meu sonho era ter a cor deles”.

Ademais, a cantora falou sobre o orgulho de tê-los em sua família e protestou contra o racismo.

“Tenho orgulho de ser quem sou e devo a eles. Tive ótima criação, minhas filhas são super educadas e respeitam o próximo porque isso vem de berço. Portanto, #NãoAoRacismo. Obrigada pela criação que sempre me deram, pelo carinho que sempre me deram e pelo corpão que dá inveja pelo meu sangue. Orgulho”.

Por fim, a cantora escreveu: “Sou negona de sangue”.

Posicionamento da classe artística contra o racismo

Ainda mais, após a morte brutal do afro-americano George Floyd, o movimento Black Lives Matter (vidas negras importam), tem crescido entre a classe artística.


Policial americano e George Floyd durante à operação. (Foto: Reprodução/Correio24horas)


Portanto, tanto artistas nacionais como internacionais tem usado os seus poderes de influência para protestar e chamar à reflexão e conscientização à respeito do tema.

Entretanto, no Brasil outro caso também causou comoção, que foi a morte do menino João Pedro Mattos no dia 18 de maio.


João Pedro Mattos. (Foto: Reprodução/Veja)


Ainda mais, a morte do adolescente de 14 anos se deu em uma operação da Polícia Civil e da Polícia Federal, realizada no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, no Rio de Janeiro.

Porém, segundo relatos da família do garoto, a polícia chegou atirando na casa que João Pedro estava, e ele foi atingido e levado por um dos policiais. Mais tarde, a família localizou que o corpo do menino já estava no IML.

Por: Tâmara Magalhães

(Foto Destaque: Perlla. Reprodução/Pleno.News)

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário