O ladrão mais amado do mundo está de volta

Após 47 anos, nesta sexta-feira, dia 10, a Disney anunciou que o remake de um de seus clássicos será produzido segundo a “The Hollywood Reporter”. A animação Robin Hood, de 1973 ganhará uma versão adaptada assim como “A dama e o Vagabundo” de 2019.



O longa-metragem será dirigido por Carlos Lopez Estrada, também conhecido por seu trabalho em “Ponto Cego”, de 2018. Com a finalidade de melhorar a adaptação Kari Granlund esta escrevendo roteiro para o filme. Granlund já participou de produções da empresa como o remake de “A dama e o Vagabundo” comentado anteriormente. O filme também contará com Justin Springer, que trabalhou nas produções de “Dumbo” e “Tron, o Legado”.

Consequentemente, por causa da situação atual o filme será lançado na plataforma de streaming da Disney Plus, assim como outros programas.

Leia mais: Disney divulga primeira imagem oficial do live-action “Cruella”.

Robin Hood (Foto: Reprodução/Disney)

47 anos depois…

O musical conta a história clássica de Robin Hood em uma versão diferenciada com personagens animados como animais antropomórficos. A narrativa se passa na floresta de Sherwood e acompanha a trajetória de uma raposa que roubava dos ricos para dar aos pobres. Juntamente com seu companheiro João Pequeno e Lady Marian, Hood luta conta o Xerife de Nottingham e o Príncipe João para ajudar o seu povo.

A nova versão será feita em CGI, significa Computer-Generated Imagery, ou seja, as imagens serão feitas pelo computador melhorando a animação. Sendo do mesmo estilo que “O Rei Leão”, “A Dama e o Vagabundo” e “Dumbo”.

O filme não possui data de estreia, entretanto antes da quarentena já começaram os trabalhos para que seja lançado. Sendo mais um a entrar para a longa lista de filmes que a Disney quer trazer à tona e assim levar os clássicos para crianças de hoje.

Por: Giovanna de Freitas Raquel

Foto em destaque: (Reprodução/Disney)

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário