Pai da cantora faz estratégias para lucrar com seu empreendimento.

Senta que lá vem história e já pode chamar o programa ‘Casos de Família’.



Teve treta sim! Segundo informação do portal TMZ, Rihanna está processando o seu próprio pai por usar a marca “Fenty” de forma indevida, assim como a sua relação com a filha visando lançar um negócio. A confirmação foi através de documentos da justiça. Pesado!

No processo, a cantora reivindica que seu pai, Ronald Fenty, começou uma empresa de talentos em 2017 chamada de ‘Fenty Entertainment’, entretanto, a diva já havia registrado a marca “Fenty” para suas aventuras nos negócios, e isso inclui a famosa linha de cosméticos: Fenty Beauty.

Leia mais: Emocionante! Rihanna faz homenagem a fã que faleceu após câncer

Riri alega que seu pai está tentando lucrar em cima da reputação que ela mesma criou. Nos documentos, a cantora diz que Ronald e seu respectivo parceiro de negócios divulgaram falsamente que eram seus representantes para ganhar milhões de dólares! Até tentaram  fechar 15 shows de Rihanna na América Latina em dezembro de 2017 por 15 milhões. Pasmem: tudo sem sua autorização. Não dá, né!?

Segundo a matéria, Rihanna  afirma que depois seu pai tentou  registrar a marca “Fenty” para usar em hotéis boutique e não obteve sucesso. O problema piorou porque Ronald ignorou todos os pedidos para que parasse de tentar lucrar em cima dos empreendimentos da filha, porém, ele ignorou!

Por isso, a musa entrou na justiça e pede uma liminar para que seu pai pare de usar sua marca e quer reparação pelos danos causados. Muito justo! A reportagem até procurou Ronald, mas não obteve resposta.

Rihanna e Ronald (Reprodução/TMZ)


Rihanna e Ronald (Reprodução/TMZ)


(Por Gabriela Bulhões)

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário