”Nunca tive outro homem a não ser ele”, disse Rose Miriam

A viúva de Gugu Liberato, Rose Miriam, deu uma entrevista para coluna de Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo, falando sobre a herança do apresentador.Em uma declaração, feita ao jornal, a viúva declarou que vai entrar na justiça para ser reconhecida como herdeira.



Rose Miriam e o apresentador, Augusto Liberato (Reprodução Internet)


Segundo Rose, ela quer o reconhecimento da sua união estável com Gugu: “Qualquer mulher no meu lugar faria isso. Está parecendo que é uma briga. Mas não é. Eu tenho todo o direito de me colocar no meu lugar — infelizmente, na condição de viúva. A própria família dele estava cansada de nos ver juntos, há 19 anos. Eu chamava ele de anjo. Nunca tive outro homem a não ser ele. Há pessoas que não querem aceitar a minha união estável com Gugu. Nós sempre fomos uma família. Marido e mulher, mãe e pai de três filhos. Só isso. É tão óbvio. Tenho inúmeras provas disso. Fotografias em casa, em viagens. Roupas dele em casa [em Orlando, nos EUA].”

Viúva, filhos e mãe de Gugu durante velório do apresentador (Foto: Marcelo Brandt/G1)


Nós sempre fomos uma família

Apesar de viverem em casas separadas, a viúva do apresentador afirmou que eles sempre foram uma família: “O Gugu sempre morou na Aldeia [da Serra, em SP], na casa dele. E eu na minha [em Alphaville]. Mas nós sempre fomos uma família. A gente sempre se amou. Sempre fomos pai e mãe dos mesmos filhos, íntimos um do outro. O fato de ele morar em uma casa e eu na outra não significa nada, mesmo porque o Gugu gostava de silêncio, entendeu? E ele continuava a vida dele, no escritório dele, na casa dele, no cantinho dele.”

Leia mais: Em testamento, Gugu deixa ‘quase totalidade’ de bens aos filhos

“O Gugu morreu na nossa casa. As crianças estão muito abaladas porque eles viram o pai morrendo no chão. Foi trágico. Ele faleceu nos meus braços praticamente”, disse ela, que é mãe dos três filhos do apresentador que faleceu em novembro’. Por fim, Rose encerrou: “Já está tudo no nome dos filhos. Como o Gugu queria. Não quero nada para mim. É tudo deles. Eu só vou viver de usufruto para poder me manter.”

Posição da família

Nesta quinta-feira (19), um comunicado a respeito foi enviado à imprensa, segue a íntegra:

“Tal testamento foi lido na presença de tabelião e notário, com a presença da mãe de seus filhos, seus filhos e familiares de Gugu, sendo que naquela data, o testamento foi por todos reconhecido e assinado espontaneamente, inclusive por Rose Miriam Di Matteo. O irmão de Rose estava presente“.

“Ocorre que após tal ato legal e solene, a mãe dos herdeiros, Rose Miriam Di Matteo e João Augusto, filho do apresentador, foram levados por seus parentes, às 9 horas da noite, a residência de um outro advogado, que não obstante, mesmo sabendo que a mesma já havia constituído advogado para si e para seus filhos, foi levada a assinar uma outra procuração, constituindo um segundo advogado, Dr. Nelson Willis & Associados. João Augusto se recusou a assinar qualquer papel”.

“Ciente posteriormente de que tal fato poderia ocasionar problemas ao espólio, o que fatalmente acarretaria uma disputa judicial entre mãe e filhos, houve por bem, por parte de Rose Miriam, redigir e enviar carta de punho próprio revogando e retirando a representação deste segundo advogado. Isto posto, percebe-se que a indução e mal aconselhamento está vindo de terceiros não contemplados no aludido testamento. Terceiros estes que usam de má fé para criar problemas constituindo novos advogados com a única finalidade de obstruir a vontade legítima de Antonio Augusto Moraes Liberato, tão bem expressa em seu testamento, que por legítimo é incontestável. Outrossim, vale ressaltar que desde o momento da triste fatalidade, Rose Miriam Di Matteo vem sendo assediada por inúmeros advogados, tanto nos USA, como no Brasil, que por vários meios e argumentações sugerem representá-la, ocultando o fato de que uma eventual disputa seria dela, Rose, contra seus filhos, reconhecidos herdeiros”, encerrou a assessora Esther Rocha.

Por Brunna Feitosa

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário