Apresentadora Lívia Andrade foi suspensa do programa das tardes do SBT, logo após trazer ao público uma notícia falsa sobre a Igreja Universal

Em uma de suas apresentações no programa, Lívia Andrade falou sobre uma informação vista na internet, entretanto, não se atentou de que se tratava de uma fake News.



Leia mais: Toalha foi a peça-chave de um look icônico dos anos 90

Segundo Lívia, a Igreja Universal vendia álcool em gel ungido, o que bastou para enfurecer o bispo Renato Cardoso. Contudo, ele não gostou nada em ver seu nome envolvido em uma falsa notícia.

Silvio Santos, dono da emissora, afastou Lívia Andrade, após ouvir queixas do bispo, assim também como uma satisfação à Record para manter relações amigáveis.

Sobretudo, as devidas providências foram tomadas para que o programa continue, sendo agora comandado pela apresentadora Chris Flores. A fim de completar o time, Mara Maravilha, que estava afastada, retornará ao seu posto de comentarista.

Renato Cardoso fala sobre a falsa informação de Lívia Andrade

Em seu Instagram, o bispo postou um vídeo com a seguinte legenda: “O preconceituoso julga sem conhecer. O sábio procura entender”, afirma.

“Esta semana uma apresentadora do SBT divulgou, disseminou uma notícia falsa a nosso respeito.”, relatou em sua rede social.

“Uma notícia rolando na internet que ela trouxe para seus telespectadores e hoje teve que pedir desculpa pela notícia falsa. “, completou, logo em seguida mostrando o vídeo do exato momento em que ela fala sobre a fake news.

 

 

Lívia ironiza sua suspensão

Nesta sexta-feira (27), a apresentadora já não participou do programa, o que causou muitas especulações.

Em seu Instagram, Lívia postou uma foto com a seguinte legenda: “cancelada por tempo indeterminado”, provocando uma ironização de seu afastamento.


Lívia Andrade / Foto: Reprodução/Instagram


Por Emilly Nunes

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário