A ideia do Drive-in é mais antiga

Um dos segmentos que mais foi atingido pela pandemia ocasionada pela Covid-19 foi da arte e cultura. Milhares de shows, filmes, séries e peças foram canceladas ou adiadas. Por conta disso, artistas tiveram que se reinventar para poder continuar a entregar conteúdo ao público e se manterem durante esse período. 



Assim, a forma mais usadas foi as lives. Feita muitas vezes pelos próprios artistas ou com a ajuda de uma equipe reduzida. Contudo, o  público amou a ideia.  A nova tentativa dos cantores é algo mais antigo, baseado nos cinemas Drive-in, dos anos 70 e 80,  no qual as pessoas iam com seus carros assistirem filmes.  

Nesse sentido, o  Brasil, que é um dos países mais afetado pelo Coronavírus, está tentando seguir essa ideia. Para tentar aplacar a crise na indústria da música, foi divulgada o show drive-in no Allianz Parque, em São Paulo. Confira a programação dos shows. 

Leia mais:Riachuelo fará festival no canal da youtuber Gkay

Sábado (27/06) tem o show da Banda Jota Quest;

Sexta (03/07) é a vez da Turma do Pagode;

Domingo (12/07) show infantil Patati Patatá;

Sábado (11/07) é por conta do Marcelo D2;

Sexta-(17/0) tem a dupla Anavítoria.

A ideia não agradou a todos


Manu cancelou sua participação no show drive-in. (Foto: Reprodução/Twitter)


Além disso, outra artista que também estava escalada era a ex-bbb Manu Gavassi, mas a cantora voltou atrás e explicou os motivos. Então mesmo com todas as medidas de segurança não estou confortável de fazer a minha apresentação e estou saindo do festival”, postou no Twitter. 

Manu também afirmou que o evento foi pensado algum tempo atrás, quando se imaginava que em julho as coisas estariam melhor. Entretanto, o Brasil segue com um elevado índice de contágio.  Internautas também não gostaram da ideia, alegando risco de aumento no contágio. 

Por: Waldirene Amaral

(Foto destaque: Show drive-in na arena Allianz  Parque. Reprodução/Instagram)

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário