São Paulo deve reabrir espaços lie eventos ligados a cultura no dia 27 de Julho, de acordo com as projeções

No começo desta tarde (03), João Dória (PSDB), governador do estado de São Paulo, divulgou em uma coletiva de imprensa que os espaços ligados a cultura serão reabertos. A capital paulista permaneceu na fase amarela durante o  últimos mês, estando apta a seguir para a próxima fase. Caso o prefeito Bruno Covas permita, a cidade poderá reabrir as portas para a cultura, graças a flexibilização. Teatros, museus, cinemas, galerias, salas de espetáculo, bibliotecas e acervos culturais mudarão de fase no atual plano de abertura, de acordo com o que foi previamente anunciado pelas autoridades.



Leia Mais: https://lorenabueri.r7.com/62-dos-645-municipios-do-estado-de-sao-paulo-nao-reabrirao-comercio-em-1o-de-junho/

Consoante o Plano São Paulo, estratégia adotada pelo governo para a retoma da economia do estado durante a pandemia do coronavírus, esses espaços só reabrirão nos municípios que conseguirem atingir a fase azul, última fase da flexibilização. Isso ocorrerá quando os índices de ocupação das UTIs chegarem a menos de 60%.


Teatro Municipal, em São Paulo

Teatro Municipal, em São Paulo. (Imagem: Eduardo Vessoni/UOL)


De acordo com as mudanças anunciadas nesta tarde, as regras foram flexibilizadas. Por isso, os municípios que se encontram  na fase amarela poderão reabrir os eventos e espaços com o público sentado. tais como a capital e a região do ABC Paulista. Segundo Patricia Ellen, secretária de Desenvolvimento Econômico do estado, para que a reabertura ocorra, a capital precisa permanecer 28 dias consecutivos na fase atual. Em relação a cidade de São Paulo, estima-se que isso ocorra no fim deste mês, dia 27.

Contudo, o Governo Estadual reforçou que, apesar das mudanças anunciadas, o ideal é que a população continue respeitando o isolamento social, permanecendo em suas casas, principalmente aquelas que fazem parte do grupo de risco da Covid-19.

Quais serão as regras para a reabertura para esses eventos e espaços?

Para que haja a reabertura de maneira segura, os eventos e espaços necessitarão adotar algumas regras, tais como:

  • Uso obrigatório de máscaras;
  • Capacidade limitada de até 40% da ocupação;
  • Compra de ingresso antecipado e online;
  • Horários pré-agendados;
  • Funcionamento do espaço durante seis horas/dia;
  • Assentos marcados e com a distância de 1,5m;
  • Controle de entrada e saída;
  • O não consumo de bebidas e alimentos.

Por: Raianne Romão

Foto destaque: Reprodução/Veja

 

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário