Durante entrevista com Quem, Taís Araújo conta sobre seus dias de isolamento social e revela estar sentindo falta da rotina

Nesta terça-feira (30), Taís Araújo conversou sobre o que tem feito nesses últimos tempos. Atualmente, a atriz possui 41 anos e desde os 16 anos de idade atua em novelas. “Para uma pessoa que trabalha desde pequena igual a mim, não é bom esse momento. Eu gosto de trabalhar, eu me reconheço”, disse expressando sua saudade.



No decorrer da conversa, a atriz não apenas contou que está sentindo falta do cotidiano, como também sobre a diferença de personalidade de seus filhos e como ela e Lázaro Ramos estão lidando com eles. “Maria acha que está de férias, adora fica em casa. João adora ir para a escola, está sentindo muita falta. A gente está tentando segurar a onda dele aqui”, contou.

Leia mais: 5 looks da Taís Araújo para você se inspirar

Expectativa para voltar as gravações

A novela “Amor de Mãe” foi paralisada e a atriz falou um pouco sobre as expectativas para o retorno. Além disso, citou sobre as mudanças que ocorrerão após a pandemia. “Muitas mudanças vão acontecer na teledramaturgia, não apenas na forma, como no conteúdo. Acredito que ele será novo e muito rico, assim como a maneira de fazer. Teremos um novo jeito”, ressaltou.

Taís disse que neste hiato percebeu que não se vê em outro lugar e que quer voltar, mas com todas as seguranças, entretanto, ressaltou que não adiantava retomar a rotina com os números subindo.

Taís Araújo expõe sua opinião sobre as questões raciais

Neste ínterim, diversos debates estão ocorrendo, incluindo a questão racial. Recentemente, a sociedade tem se mostrado sensível e disposta a lutar pelas diferenças e acabar com a vulnerabilidade. Taís relatou sobre a forma com que a escravidão foi exposta para o Brasil. “Contaram uma história pra gente que não é real, em que se romantiza o que foi bárbaro. Romantizaram a nossa história, a ponto de a gente não ter vergonha da escravidão. O Brasil é um pais que não tem vergonha da escravidão, de tantas mortes, de tanto sangue derramado, de tantas famílias dizimadas”, ressaltou.

 


Lázaro Ramos, Taís Araújo e os filhos do casal, Maria Antônia e João Vicente.

Lázaro Ramos, Taís Araújo e os filhos do casal, Maria Antônia e João Vicente. (Foto: Reprodução/Instagram)


Não apenas revelou ter esperança em seus filhos, como também disse que continuará trabalhando e por mais que sofra inúmeros preconceitos, ela possui uma base que lhe da muita força. “Acho que a gente só terá uma resposta sobre isso daqui a um tempo, mas acho que os movimentos e os debates são importantes. Vivemos em uma sociedade em que há arbitrariedade, desmando, mas não há cuidado, o que é uma pena. Isso que é de difícil compreensão”, finalizou.

Por: Rafaella Ranulfo

(Foto Destaque: Taís Araújo. Reprodução/Instagram)

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário