O grupo Black Eyed Peas lançou, nesta sexta (19), seu oitavo álbum de estúdio

Com influências do dance e eletrônico, e presença de diversos artistas latinos, o grupo Black Eyed Peas lançou, na madrugada desta sexta-feira (19), seu então oitavo álbum de estúdio: “Translation”. O álbum, ademais, conta com 15 faixas. 



O álbum, que então tem quase uma hora de duração, traz aos fãs do grupo uma pegada dançante.Sem baladas românticas e voltado para um dance eletrônico, conta com participação de artistas como Shakira, J Balvin, Maluma, French Montana, Ozuna, J Rey Soul, El Alfa, Nick Jam, Tyga, Piso 21 e Becky G.

“Translation” de fato aproxima ainda mais Black Eyed Peas à cultura latina, e reforça a presença do grupo de volta à indústria musical. Afinal, este já é o segundo álbum do grupo lançado após uma pausa de oito anos, sem a presença de Fergie, que aliás saiu oficialmente do grupo em 2018.

Faixa a faixa: De Ritmo a Mamacita

“Ritmo” é o carro chefe que abre o oitavo álbum de estúdio do grupo. Esta, inclusive, é a música que foi incluída na trilha sonora do filme “Bad Boys for Life”. Ademais, conta com participação de J Balvin que foi quem escolheu o nome ao álbum. 

Leia mais: Grammy 2021: Billboard divulga lista de possíveis indicados à premiação

Em seguida, Maluma chega com a participação na faixa “Feel the Beat”, uma balada dançante que já ganhou videoclipe, lançado junto ao álbum na madrugada desta sexta. Logo após, “Mamacita”, terceira faixa escolhida como segundo single promocional, que transita entre o inglês e espanhol. 


(Reprodução: YouTube)


De “Girls Like Me” a “News Today”

“Girl Like Me”, com Shakira, é uma faixa que, aliás, cita a cantora Anitta em um trecho.  “Vida Loca”, “No Mãnana” e “Tonta Love” reciclam o sucesso do reggaeton e da ascensão da música produzida na América Latina para o mundo, misturando assim o ritmo com a produção eletro pop de Will I Am. 

Leia mais: Dia do Cinema Brasileiro preenche as telas com produções memoráveis; “Bacurau” é uma delas

Celebrate”, “Tudo Bueno” e “Duro Hard” são as faixas seguintes que, afinal, trazem uma pegada mais voltada para o reggaeton, que tem alcançado o topo das paradas musicais dos últimos tempos, evidenciando o quanto o grupo tem se atualizado aos ritmos que estão fazendo sucesso atualmente. Logo após, “Mabuti” traz a participação do marroquino French Montana. 

Ademais, tem também as faixas “I Woke Up”, “Get Loose Now” e “Action”, que estão entre as poucas faixas que não possuem participação de outros artistas. Por fim, então, a faixa “News Today”, que soa como um desabafo frente aos últimos acontecimentos sociais, como os impactos da pandemia no mundo. 

Black Eyed Peas nas redes sociais 

Pelas redes sociais, os membros do grupo agradecem aos fãs e comemoram o lançamento do oitavo álbum. Apl.de.Ap disse que no momento em que o álbum estava sendo produzido, o mundo era diferente. Ainda assim, construíram um álbum voltado para dança. 

Quando começamos este álbum, o era muito diferente. Nós pensamos muito nos sons dos festivais dos quais participamos e na energia positiva com a qual sairíamos. E A DANÇA! Dançar sempre fez parte do Black Eyed Peas. […]. Esperamos que vocês gostem deste álbum.” 

Outrossim, em sua conta oficial no Instagram, Will I Am comemora o sucesso com as faixas “Mamacita” e “Ritmo”, e além disso demonstra sua felicidade com as conquistas do grupo mesmo após 25 anos do sucesso de seu maior álbum.


(Reprodução: Instagram)


Por: Mariana Cristina

(Foto Destaque: Capa oficial de “Translation”, novo álbum do Black Eyed Peas. Reprodução/ Instagram)

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário