Vingadores Ultimato chegou aos cinemas no dia 25 de abril de 2019

Vingadores Ultimato foi o pioneiro na história dos cinemas a esgotar todos os ingressos em sua pré-estreia. Muitas pessoas só conseguiram assistir ao filme que encerrava um importante ciclo no quinto dia pós lançamento.



Aliás, o filme foi líder de bilheteria, tirando do pódio, o sucesso de James Cameron Avatar. Mesmo com maior bilheteria mundial, o filme não teve grandes indicações ao oscar. Concorrendo a apenas uma estatueta, o longa perde para os efeitos visuais com o trabalho de Sam Mendes, 1917.

Portanto, todos os filmes dessa fase 3 do MCU – Universo Cinematográfico da Marvel – de 11 anos (2008-2019), 24 filmes constroem uma única narração. Primeiro, o vilão Thanos que há anos amedrontava os Vingadores. Depois, o surgimento de gemas superpoderosas que iam alterando a realidade.

Leia mais: Scott Gustin compartilha os melhores momentos de Vingadores: Ultimato

Benedict Wong é Wong na franquia da Marvel. (Foto: Reprodução/Marvel Studios /Vingadores: Guerra Infinita)


O início dessa história…

A fim de celebrar esse “um ano de Vingadores: Ultimato” nos cinemas, o portal Lorena Bueri nos faz reviver os melhores momentos desta saga. Por mais de uma década o MCU conseguiu construir um marco histórico. A construção de um vilão que fez de odiado a esperado e até amado pelos fãs.

A saber, o titã louco, Thanos apareceu pela primeira vez em 2012. Quando, pela primeira vez, o cinema reuniu os heróis mais aclamados da Marvel. Capitão América que lidera a equipe formada por Nick Fury; Homem de Ferro, Hulk, Viúva Negra, Thor e Gavião Arqueiro. O centro de Nova York é invadido por alienígenas liderados por Loki, o Deus da Trapaça, irmão de Thor.

Portanto, Loki recebe de Thanos uma gema poderosa. Uma joia do Infinito: a joia da mente. A gema é colocada num cetro que faz conexão direta com Thanos. Essa é a segunda joia que aparece nos filmes da Marvel e a segunda que vem à superfície da Terra. A primeira veio num tesseract, um cubo de cristal.

 

O arco das Joias do Infinito: poderes que nenhum humano conseguiria possuir

Tom Hiddleston é Loki na franquia da Marvel. (Foto: Reprodução/Marvel Studios /Vingadores)


Contudo, antes do episódio de Nova York, o time de heróis já sentia o ar de uma grande ameaça. Primeiro Tony Stark, bilionário e empreendedor, havia se tornado o Homem de Ferro. Com uma armadura impenetrável o herói tem que lutar contra a própria empresa que, às escondidas, começa a criar armas visando o sucesso e o poder bélico.

Além disso, no período da Grande Guerra, a S.H.I.E.L.D., planejava a criação de supersoldados afim de vencer a guerra. No entanto, a HYDRA, uma organização nazista, tentou furtar o soro e formar seu próprio super-exército. O doutor Abraham Erskine (Stanley Tucci) escolhe um jovem, magricela, de 40 quilos, asmático, para receber nas veias o soro.

Com efeito, Capitão Steve Rogers se torna um homem forte e, o “Primeiro Vingador”. No primeiro longa, luta contra o líder da guerra nazista. O Caveira Vermelha (Hugo Weaving), que ambiciava um poder de que não era capaz de controlar. O tesseract guardava a gema do infinito. A joia do espaço.

 

Filmografia das joias do Infinito até Vingadores: Ultimato

Hugo Weaving é o Caveira Vermelha em Capitão América: o Primeiro Vingador. (Foto: Reprodução/Marvel Studios /Divulgação)


Portanto, como já iniciamos, o Tesseract foi a primeira joia do Infinito a aparecer no MCU. Nele contém a JOIA DO ESPAÇO: A joia aparece com mais lucidez em Capitão América: o primeiro Vingador. Talvez seria a joia que mais “passeia” entre os universos. Já foi da Hydra, depois da S.H.I.E.L.D. Era do espaço, veio pra Terra, voltou pro espaço. Já esteve em Asgard, voltou pra Terra…

Além disso, o tesseract também aparece no filme-solo de Carol Danvers, a Capitã Marvel. Segundo o longa, a joia foi usada para construir um reator capaz de atravessar universos, galáxias… Esse é o principal poder da joia: teletransportar de planeta em planeta.

O “nascimento” de Visão

Paul Bettany é Visão na franquia da Marvel. (Foto: Reprodução/Marvel Studios )


Logo após temos o Cetro de Loki, a JOIA DA MENTE. Loki e seu cetro também esteve presente em várias cenas do Universo Cinematográfico da Marvel. Dois filmes são necessários para entender a magnitude do poder dessa joia. Vingadores de 2012, onde vemos que o cetro carrega em seu centro um poder grandioso. E em Vingadores: Era de Ultron, o cetro de Loki, mais uma vez é recuperado pelos Vingadores. Por uma queda de ambição e, talvez de ganância, Tony Stark e Bruce Banner se dão mal num experimento e a joia dá origem ao Visão.

Enfim, como vimos no primeiro Vingadores, a joia da mente conectava Thanos a Loki, e fazia com que ambas as mentes se comunicassem remotamente.

Portanto, temos algo que o próprio Thor chamou de “uma espécie de lama raivosa”. O Éter, a JOIA DA REALIDADE: a que tem o poder de alterar a realidade. E te conduzir por uma construção perfeita, porém, irreal. A joia é apresentada em Thor e o Mundo Sombrio. Com esse poder, a “realidade pode ser o que você quiser”.

 

A surpresa do Colecionador e a confirmação de um vilão

Cena de Guardiões da Galáxia. (Foto: Reprodução/Marvel Studios/Divulgação)


Mesmo que aquela ameaça de Nova York tenha dado uma trégua, é inevitável esquecer-se da vilania daquele louco. Thanos deixou traumas em muitos. Tony Stark há 10 anos ficou tendo pesadelos desde o momento em que quase morreu pra salvar o mundo. Óbvio que Thanos também jamais se esqueceu dele depois que explodiu todo o seu exército.

Enquanto isso, do outro lado do universo uma equipe de caçadores de recompensa encontra um Orbe. Peter Quill contava com uma boa grana ao vende-lo para um Colecionador em Zendar. O planeta era guardado pela Tropa Nova, tão bem afamada nas HQs da Marvel. E, ainda sonhamos com ela nos cinemas.

Enfim, o Orbe guardava a JOIA DO PODER. Ronam, mais um capacho de Thanos, segue para Zendar a fim de pegar a gema poderosa. No entanto, a ganância de Ronam o faz trair Thanos e ele deseja possuir o poder da joia. Não obtendo sucesso, Peter Quill, com a ajuda de Groot, uma árvore geneticamente estranha, Rocket, um guaxinim modificado, Drax e Gamora, salvam o planeta resgatando o orbe.

No entanto, no embate final de Vingadores: Guerra Infinita, é a primeira joia que Thanos consegue recuperar. Estando guardada e protegida pela Tropa Nova em Zendar, Thanos e seu exército invadem o planeta e o destrói. Se a Joia do Poder tocar o solo, tudo é dizimado. Seu poder pode ser entendido em Guardiões da Galáxia.

 

O MCU introduz em sua saga a magia e o poder místico

Benedict Cumberbatch é Dr. Estranho na franquia da Marvel. (Foto: Reprodução/Marvel Studios /Doutor Estranho)


Por fim, quando achamos que a Marvel já havia nos surpreendido, levando-nos à terreno intergaláctico, ela se supera. Agora, recorre à magia e poderes místicos. Elevando mente e alma a dimensões ainda não explorados. E, é assim, com o Doutor Steve Strange que conhecemos o Olho de Agamotto.

Bem como as outras, no Olho de Agamotto, “dormia” a JOIA DO TEMPO: no mínimo é curioso e, ao mesmo muito tentador a gente ter o poder de controlar o tempo. E, desolador deve ser ficarmos presos num loopping eterno. Sobre a joia, assista Doutor Estranho e o embate final contra Dormmannu.

Por fim, temos, agora, não um objeto, ou uma urna, ou um relicário, ou uma arma. Temos, portanto, um lugar, sombrio, afastado de tudo: Vormir, um domínio da Morte. Lá habita o que você mais deseja, na mesma proporção como o que você mais teme: a JOIA DA ALMA.

Enquanto, em Guerra Infinita, quando Wong, explica ao Benner e ao Stark a respeito das gemas, ele afirma que a joia da alma reservava um lugar especial entre todas as outras. Ninguém nunca soube do destino dela. E, tamanha foi a surpresa quando, a própria Gamora sabia de seu paradeiro desde o primeiro longa de Guardiões da Galáxia. Mais surpresos ainda, ficamos ao saber que ela era guardada pelo Caveira Vermelha.

Enfim, em Guerra Infinita, Thanos inicia sua saga de reunir todas as joias do infinito e “corrigir” a realidade. Vingadores: Guerra Infinita apresenta o vilão que, após reunir as seis joias fez exatamente o que queria: dizimar 50% de toda a espécie viva afim de que a outra metade prospere.

 

Vingadores: Ultimato, um ano

Chris Hemsworth (Thor); Chris Evans / Steve Rogers (Capitão América); Robert Downey Jr. / Tony Stark (Homem de Ferro). (Foto: Reprodução/Cena de Vingadores: Ultimato / Marvel Studios)


Todavia, nada supera Vingadores: Ultimato. Nenhuma franquia reuniu tantos heróis assim como o MCU. Desde o Capitão América até a Pepper Potts com sua armadura Resgate. Desde o Homem de Ferro até o Homem-Formiga e a Vespa. Desde a Viúva Negra até a Valquyria montada num pegasus.

Enfim, foi a maior reunião da história. Foi mais que um crossover. Foi um coroar de uma saga. Foi o início de uma nova era para o cinema.

Segundo a sinopse oficial, em Vingadores: Ultimato, “após Thanos eliminar metade das criaturas vivas, os Vingadores precisam lidar com a dor da perda de amigos e seus entes queridos. Com Tony Stark (Robert Downey Jr.) vagando perdido no espaço sem água nem comida, Steve Rogers (Chris Evans) e Natasha Romanoff (Scarlett Johansson) precisam liderar a resistência contra o titã louco. O longa de 25 de abril de 2019 encerra o arco do Thanos. Dirigido por Anthony Russo e Joe Russo.

Portanto, para celebrar esse momento grandioso do cinema, durante essa semana você poderá conferir nesse portal uma série de matérias trazendo o melhor desses 11 anos. Filmes que fizeram histórias. Filmes que contam a sua história. Histórias que se encontram com momentos especiais de sua vida.

Por fim, venha reviver esse momento mais uma vez. Venha chorar com o sacrifício da Viúva Negra e ir à loucura ao ver o Capitão América erguer o Mijolnir e invocar raios em cima do Thanos. Mostre que você também faz parte dessa história!

 

Por: Dione Afonso

Imagem em destaque: Cena de Vingadores: Guerra Infinita. (Foto: Reprodução/Marvel Studios)

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário