Compartilhado por Manuela D’Ávilla, vídeo já conta com quase 300 mil visualizações

 

De acordo com o vídeo de Manuela D’ávilla, Victor Chaves, integrante da extinta dupla sertaneja Victor e Léo, é condenado a 18 dias de prisão.



A princípio, Victor responde em regime aberto por agressão à esposa, Poliana Bagatini Chaves.

Após o resultado, o cantor postou um vídeo onde debocha do caso.

Leia mais: Thammy Miranda se pronuncia sobre foto compartilhada por Carlos Bolsonaro

Victor ri após ser condenado. (Foto: Reprodução/Instagram)

Desta forma, o  vídeo compartilhado nesta terça-feira (14) por Manuela D’Ávilla, ex-candidata a vice na chapa de Fernando Haddad, em 2018, já conta com quase 300 mil visualizações.

Confira:

Pena Leve

Segundo o Tribunal de Justiça de Minas Gerais, foi fixada no dia 29 de novembro, uma pena estabelecendo o cumprimento de 18 dias de prisão em regime aberto.

Assim, o cantor recorreu da decisão na última quinta-feira (9), e o caso foi enviado ao Ministério Público de Minas Gerais.

Victor também foi condenado a pagar R$ 20 mil de indenização à vítima, além de arcar com os custos do processo.

A pena está suspensa, em condicional, por até 2 anos.

Relembre o Caso

Anteriormente, em 2017, Victor foi acusado de agredir a então esposa Poliana Bagatini Chaves.

Grávida de quatro meses, Poliana Bagatini registrou um boletim de ocorrência acusando Victor de jogá-la no chão e chutá-la várias vezes logo em seguida, em fevereiro do mesmo ano.

Entretanto, o exame de corpo de delito não apresentou resultados de lesões corporais em Poliana.

Por isso, Victor foi indiciado por “Vias de fato”, que são atos agressivos, mas que não deixam ferimentos e hematomas.

Em vídeo postado no Instagram, o cantor declarava que estava sendo indiciado por contravenção e não havia machucado ninguém.

Segundo entrevista dada ao Fantástico, Victor se pronunciou pela primeira vez sobre o caso e negou as acusações de agressão.

“Eu jamais agrediria alguém na minha vida, muito menos a minha esposa, que está grávida do João”, afirmou.

Desfechos

Em fevereiro de 2019, dois anos após ao caso, Victor gravou um vídeo debochando dos fatos denunciados por Poliana.

Na situação, o sertanejo diz: “Consta que o senhor teria desferido 15 chutes na barriga de uma grávida. A pergunta é: o senhor joga futebol”.

 

Por Lívia Cout

 

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário