Fã cria petição online para que sejam postas estátuas de Britney Spears

Em meio ao crescimento do movimento #BlackLivesMatter, uma fã da cantora Britney Spears viralizou neste sábado (13) com uma petição um tanto quanto incomum. O abaixo-assinado criado por Kassie Thibodeaux solicitou a remoção de todas as estátuas de figuras historicamente racistas, para serem substituídas pelos bustos da cantora pop no estado de Louisiana.



Segundo o portal TMZ, a petição foi criada no site Change.org e já conta com mais de 20 mil assinaturas. A fã teve a ideia após a crescente insatisfação dos artistas com a ainda presença de estátuas homenageando pessoas historicamente racistas. “Britney não apenas provou seu talento, como também sua força de caráter. Não apenas superando o colapso mental altamente divulgado, mas trabalhando continuamente para melhorar a si mesma. Ela é uma inspiração para milhões”. Parte do trecho da subscrição. Vale relembrar que Louisiana é o estado natal de Britney.

A petição é dirigida ao governador John Bel Edwards, ao deputado Cedric Richmond e ao senador Bill Cassidy. Até o momento, Britney Spears não se pronunciou sobre o caso, mas a cantora tem demonstrado apoio ao movimento antirracista através de suas redes sociais.

Leia mais: Britney Spears estreia nova música no topo do Itunes


    (Reprodução: Twitter)


Sobre as revoltas com as estátuas nos EUA

Logo após o assassinato de George Floyd em Minneapolis, EUA, celebridades tem usado suas plataformas para demonstrar suas insatisfações com a desigualdade racial ainda muito presente no país. Um dos alvos mais recentes desse movimento são as estátuas de figuras que são historicamente racistas e contribuíram na eclosão da escravidão e preconceito com a cultura negra.

Taylor Swift foi uma das primeiras artistas a manifestar sua frustração com seu estado Tennessee. Logo depois, alguns países da Europa (Bélgica e Inglaterra) começaram a remover esses monumentos das cidades.

No estado de Louisiana, existem mais 32 esculturas dedicadas a personalidades confederadas. A permanência dessas obras tem gerado críticas negativas por parte da população.

Por: Pedro Barros

(Foto destaque: Spears nos GLAAD Awards. Reprodução/Getty Images)

Related Article

0 Comentários

Deixe um comentário